21 março 2018

Évora adere à Hora do Planeta

A Câmara Municipal de Évora decidiu, uma vez mais, associar-se à iniciativa a Hora do Planeta e no dia 24 de março, entre as 20h30 e as 21h30, irá desligar, durante este período, as luzes do edifício dos Paços do Concelho, do Templo Romano, Igreja de Santo Antão, Arcadas da Praça de Giraldo, Igreja de S. Vicente e Arcadas da Rua da República, Sé de Évora e Parque Infantil Municipal Almeida Margiochi.

A Hora do Planeta é uma iniciativa da World Wildlife Fund (WWF)  que começou em 2007 em Sidney, na Austrália, quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2.000 empresas apagaram as luzes por uma hora numa tomada de posição contra as mudanças climáticas.

Um ano depois a Hora do Planeta tornou-­se um movimento de sustentabilidade global com mais de 50 milhões de pessoas em 135 países a mostrarem o seu apoio a esta causa ao desligarem simbolicamente as suas luzes.

Marcos globais, como a Sydney Harbour Bridge, a Torre CN, em Toronto; a Ponte Golden Gate, em São Francisco; o Coliseu de Roma, entre muitos outros, ficaram às escuras como símbolos de esperança por uma causa que se tornava mais urgente a cada hora e em qualquer parte do mundo.

Recorde-se que a Hora do Planeta, em 2017, chegou a mais de 9000 cidades e vilas. Em Portugal, mais de 140 municípios aderiram e centenas de monumentos emblemáticos nacionais ficaram às escuras, como a Ponte 25 de Abril, o Mosteiro dos Jerónimos e o Cristo Rei, entre muitos outros só em Lisboa.

Em 2018, a Hora do Planeta pretende aproveitar o poder dos seus milhões de adeptos em todo o mundo para mudar o rumo das alterações climáticas.