29 junho 2020

Évora assinala Dia da Cidade com uma homenagem aos profissionais que combatem a pandemia

A cerimónia deste ano que assinalou o Dia da Cidade, Dia de S. Pedro, realizada na Praça de Sertório, em frente aos paços do Concelho, ficou marcada pela homenagem que o Município efetuou ao conjunto de profissionais e sectores que se têm distinguido no combate à pandemia provocada pelo COVID-19.


Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, salientou que era importante neste "dia tão simbólico para Évora prestar a devida homenagem a essas mulheres e homens que nos defendem".


Perante uma plateia reduzida de convidados, o edil eborense referiu que este dia da Cidade e do Município se assinala "com um misto de dor, preocupação, de incerteza, mas também com a forte convicção de que, com a coragem, o trabalho, a cooperação e a responsabilidade que temos registado, vamos vencer esta pandemia e as suas tremendas consequências".


Dirigindo uma palavra de solidariedade em nome do Município para com a população vizinha do Concelho de Reguengos de Monsaraz, Carlos Pinto de Sá fez o ponto da situação relativamente a Évora, assinalando que "felizmente, a situação está controlada, não existindo infeção comunitária. "Dos 47 casos, 29 estão recuperados e estão 18 ativos".


Na sua intervenção, salientou, ainda, que o impacto económico e social da pandemia está a ser tremendo e vai agravar-se. Em Évora, "dezenas e dezenas de micro e pequenas empresas caminham para a falência. O aumento do desemprego já se faz sentir, a começar pelos trabalhadores precários".


"Apesar de uma ou outra noticia positiva, como os investimentos em curso de duas empresas no aeródromo de Évora ou de um novo centro automóvel que ultrapassam os seis milhões de euros e que irão criar mais 20 posto de trabalho, o que se perspetiva é uma grave crise económica e social".


"Também nesta área, a Câmara Municipal de Évora tomou algumas medidas minimizadoras, como manter as empreitadas em curso, lançar novas obras, reforçar a administração direta, suspensão de prazos de pagamento, devolução de verbas e apoios em diversas áreas como a cultura ou o desporto", referiu ainda.


Nesta sessão usou ainda da palavra o Presidente da Assembleia Municipal de Évora, Carlos Reforço, e a Presidente do Conselho de Administração do Hospital do Espírito Santo, Filomena Mendes, que agradeceu em nome de todos os funcionários do HESE a homenagem prestada. O Presidente da Câmara terminou a sua intervenção lendo a Declaração de Homenagem do Município de Évora.


"(…)  Neste dia da cidade, na impossibilidade de condecorar todos estes cidadãos, o Município presta a sua sentida homenagem àqueles que apesar de todos os riscos estiveram sempre no seu posto de trabalho garantindo a Saúde e todos os serviços essenciais para que pudéssemos viver na normalidade possível (…)."


FotosFoto 01.jpg | Foto 02.jpg | Foto 03.jpg | Foto 04.jpg | Foto 05.jpg | Foto 06.jpg | Foto 07.jpg | Foto 08.jpg