08 junho 2018

Câmara de Évora presente no 2º Congresso Internacional de Redes Sociais

​A Vereadora da Câmara Municipal de Évora, Sara Dimas Fernandes, esteve ontem (7 de Junho) na abertura do 2.º Congresso Internacional de Redes Sociais que decorre até ao final da tarde de hoje no auditório do Colégio Espírito Santo/Universidade de Évora. Hoje, moderará uma sessão.

 

Este congresso, subordinado ao tema: "Redes Sociais: Perspetivas e desafios emergentes nas sociedades contemporâneas", é organizado pelo CICS.NOVA.UÉvora – Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais e pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Évora. Tem o apoio da Câmara Municipal de Évora, entre outras entidades.

 

Dado que as redes sociais ocupam um lugar central nas sociedades contemporâneas, este congresso visa sobretudo conhecer e compreender a sua complexidade e a multiplicidade de configurações que lhes estão inerentes.

 

A mesa da sessão de abertura contou com intervenções de Ana Costa Freitas (Reitora da Universidade de Évora), Sara Dimas Fernandes (Vereadora do Pelouro da Educação e Intervenção Social), Manuel Lisboa (Direcção do CICS.NOVA) e Joaquim Fialho (Professor da Universidade de Évora e Coordenador da Comissão Organizadora do Congresso).

 

Na sua intervenção, Sara Dimas Fernandes deu as boas vindas aos congressistas e agradeceu à organização o envolvimento da Câmara de Évora. Realçou a importância "da partilha de ideias, recursos e boas práticas" neste congresso, fazendo a analogia com outro espaço local a que preside: o Conselho Local de Ação Social, espaço privilegiado de diálogo e de entreajuda dos parceiros sociais locais com vista ao desenvolvimento social do Concelho.

 

Explicou em traços gerais o trabalho do CLASE, que conta actualmente com quatro Unidades de Rede: Saúde Mental, Inclusão e Diálogo Intercultural, Sem Abrigo e Envelhecimento Populacional. Concluiu, defendendo a necessidade de existir um olhar diferente por parte do Estado perante os problemas de cariz social, nomeadamente a pobreza, esperando que estes trabalhos contribuam também para que a intervenção social seja mais próxima das pessoas.

 

Os trabalhos prosseguiram com a conferência de abertura proferida por Estrella Gualda (Universidade de Huelva/Espanha)  sobre fragmentação social no Twitter, que teve igualmente a participação de Marta Varanda (ISEG/ Portugal). Pode conhecer o programa completo deste congresso em http://www.cires.uevora.pt/programa/

Foto1.jpg Foto2.jpg Foto3.jpg Foto4.jpg Foto5.jpg