26 março 2018

A Biblioteca Pública de Évora comemorou no dia 25 de março o seu 213º aniversário

A Biblioteca Pública de Évora está de parabéns, mas não só pelos seus veneráveis 213 anos de existência, mas também pela sua vitalidade, dinamismo e intervenção junto da comunidade. A BPE está de parabéns porque para além da sua longa história, é hoje um importante esteio de cultura na nossa cidade, com projeção nacional e até internacional.

A sua atividade não passa apenas pela guarda e preservação de um riquíssimo espólio que atravessa séculos da história dos livros, de quem os escreveu, de quem os leu, e dos tempos de quem no tempo desses livros viveu. A BPE tem hoje uma dinâmica de interação com a comunidade que ultrapassa muito a função tradicional das bibliotecas. Para além da leitura, tem também sido consolidada a prática do acolhimento de iniciativas de caráter lúdico-formativo dirigidas a crianças e adultos. Merece ainda destaque o funcionamento de polos de leitura descentralizados, resultado de protocolos celebrados com as Uniões de Freguesias.

Para além da leitura, a BPE tem vindo a intervir também na promoção artística: um dos exemplos foi a reserva de uma das salas para funcionar como galeria de exposições. Precisamente nessa sala, que acolheu a exposição de pintura "Era Uma Vez O Alentejo" de Ana Rita Janeiro, teve lugar uma pequena festa de aniversário que foi o culminar do programa comemorativo dos 213 anos.

Eduardo Luciano, Vereador do Pelouro da Cultura, esteve presente em representação da Câmara Municipal de Évora. O Município deixa assim patente o seu reconhecimento público pelo trabalho meritório que a Biblioteca Pública de Évora tem vindo a desenvolver em prol da cultura, integrando a dinâmica que cada vez mais se afirma em torno da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura 2027.