23 setembro 2016

Durante o Évora Aero Tech Day’s: Carlos Pinto de Sá anuncia investimentos aeronáuticos no valor de 200 milhões de euros

O​ Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, lembrou hoje que o futuro Cluster Aeronáutico, que tem vindo a ser constituído no Parque da Industria Aeronáutica, irá possibilitar a criação de cerca de um milhar de empregos diretos, significando um investimento de quase 200 milhões de euros.

 

 O autarca eborense fazia estas declarações à margem do primeiro "Évora Aero Tech Day's", que hoje decorre nas instalações do Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo (PCTA), subordinadas ao tema "Materiais Compósitos na Industria Aeronáutica".

 

Segundo Carlos Pinto de Sá, "neste momento, para além da Embraer, que está com um investimento de cem milhões de euros, temos seis empresas que estão a instalar-se em Évora. Trata-se de um investimento de 170 milhões de euros de que vão criar nos próximos anos 964 postos de trabalho diretos".

 

Em declarações aos jornalistas, e na presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, que presidiu à sessão de abertura desta jornada de trabalho, o edil alentejano disse ainda "que o processo de instalação do Cluster Aeronáutico de Évora está a ser desenvolvido a um ritmo muito elevado".

 

"Da parte da Câmara, tudo temos vindo a fazer para criar as condições ótimas para que estas empresas encontrem no nosso território fatores suficiente atrativos para aqui se fixarem e assim criar emprego e valia económica".

 

A este propósito, Carlos Pinto de Sá revelou também que nesta sexta-feira à tarde uma delegação da Associação Aeronáutica Francesa, que representa 172 empresas do sector, estará em Évora para se inteirar na nossa realidade e das condições que oferecemos aos vários níveis".

aerot (1).jpg aerot (2).jpg aerot (3).jpg aerot (4).jpg aerot (5).jpg