10 julho 2017

Assembleia Municipal de Évora solidária com Pedrógão Grande

​A Assembleia Municipal de Évora, em sessão de 30 de Junho​​, aprovou por unanimidade um voto de pesar e uma moção, bem como um minuto de silêncio pelas vítimas do incêndio ocorrido em Pedrógão Grande (Leiria).

 ​

O voto de pesar foi lido por Alexandre Varela (CDU) e incluiu também um minuto de silêncio, tendo em conta que "os nossos pensamentos estão neste momento com as famílias enlutadas e com os Bombeiros Voluntários, verdadeira personificação do heroísmo nacional". Nele se constata, nomeadamente, que "o ordenamento e limpeza da floresta não são exequíveis num quadro de despovoamento e abandono do interior sacrificando a economia local e os equilíbrios regionais à elementar ideia da oferta e da procura" e se insta a tomar medidas e "encarar o problema como um problema nacional que insista e invista na prevenção".

 

Na moção, apresentada por Bruno Martins (BE), a AME deliberou "expressar o mais sentido pesar pelas vítimas mortais desta calamidade e a mais profunda solidariedade com as populações afectadas; saudar os verdadeiros heróis que são os bombeiros e bombeiras de todo o país e, em particular, os homens e mulheres das Corporações de Bombeiros do Distrito de Évora, pelo seu empenho e dedicação no combate a este e outros incêndios que alastram no nosso país; e apelar a toda a solidariedade com as famílias das vítimas, as populações afectadas e os homens e mulheres que combatem, todos os anos, os incêndios que ceifam vidas e destroem o país".

 

A Prestação de Contas Consolidadas – Relatório de Gestão Consolidado do Município de Évora 2017 mereceu aprovação com os votos favoráveis (29) da CDU e PS e as abstenções (3) do PSD.

 

Foi tomado conhecimento dos pontos "DGAL – Apreciação Técnica da 13 Revisão ao Orçamento/2017, no âmbito do Controlo do PAEL"; "Relatório Anual de Execução do Plano de Prevenção de Riscos de Gestão da CME Ano 2016"; e "SITEE-EM, LDA – Encerramento da liquidação e cancelamento da matrícula".

 

No ponto referente à "Informação do Presidente da Câmara Municipal de Évora acerca da actividade do Município nos meses de Abril e Maio de 2017, bem como da situação financeira do mesmo" Carlos Pinto de Sá, destacou três assuntos: o primeiro, respeitante às várias iniciativas em conjunto com diversos parceiros para assinalar os 40 Anos do Bairro da Malagueira; o segundo, para informar que a Infraestruturas de Portugal apresentou alternativas para a ligação ferroviária Sines/Évora/Elvas e numa reunião com o Secretário de Estado do Planeamento assumiu que seriam colocadas para avaliação do impacto ambiental por as considerar capazes.

 

O terceiro assunto incidiu no esforço que a autarquia tem feito para aproveitar o "acelerador" nos fundos comunitários que permite, ao se cumprir determinados requisitos, ter acesso a mais fundos do que estava determinado. O Município de Évora pode, assim, conseguir uma verba adicional de 600 mil euros. O Presidente saudou o trabalho realizado pelos serviços municipais e também pela Direção Regional de Cultura no que concerne à entrega de documentos.

AME1.jpg AME2.jpg AME3.jpg