05 novembro 2018

Câmara Municipal de Évora premiada por Boas Práticas no domínio da Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho

O projeto "Gabinete de Apoio ao Trabalhador" foi distinguido na categoria de "Boas Práticas" na 8ª Edição do Prémio Manuel Lopes. A candidatura, que foi apresentada em 2014, teve agora a comunicação oficial do respetivo resultado. O projeto apresentado pelo Município de Évora obteve a distinção em conjunto com a Câmara Municipal de Loures, ambos na categoria de "Boas Práticas".

O Prémio Manuel Lopes, promovido pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional, visa homenagear personalidades ou organizações que, em cada ano, mais se tenham distinguido nos domínios da inovação e melhoria da contratação coletiva e das condições de trabalho, ou na realização de estudos e trabalhos de investigação sobre estas matérias.

Na categoria de "Boas práticas", os prémios são atribuídos a personalidades e organizações que se tenham distinguido no domínio da contratação coletiva, em especial pela abordagem de matérias ligadas à organização do trabalho, participação dos trabalhadores nas empresas, formação profissional, condições de trabalho, segurança, higiene e saúde no trabalho, conciliação da vida profissional com a vida familiar e igualdade no trabalho.

A outra categoria é dedicada aos "Estudos e investigação". Esta, visa premiar personalidades e organizações que sejam autoras de estudos e trabalhos de investigação no âmbito da contratação coletiva, que contribuam para a sua melhoria e inovação.

O Prémio Manuel Lopes foi criado por despacho ministerial em 2001 e é gerido administrativamente pelo IEFP. Na base da sua instituição esteve o propósito de homenagear Manuel Correia Lopes, sindicalista e fundador da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP), cuja vida foi em grande parte dedicada à defesa da contratação coletiva laboral e à sua afirmação como instrumento de progresso das condições de vida dos trabalhadores e de dignificação do trabalho. Este Prémio atribui um diploma de mérito e uma prestação pecuniária no montante de 12 500 Euros aos vencedores de cada uma das categorias.