16 março 2018

Câmara de Évora melhora acesso a pessoas com mobilidade reduzida

​No âmbito do processo de melhoria da acessibilidade que tem vindo a ser implementado pelo Município de Évora, foi identificada uma situação no edifício dos Paços do Concelho que colocava em causa a acessibilidade de cidadãos mobilizados em cadeira de rodas ao primeiro piso, em autonomia. Com efeito, após a saída da plataforma elevatória instalada há alguns anos na saída do elevador, o reduzido espaço existente em virtude de uma arrecadação obrigava à presença de uma segunda pessoa para apoio na manobra de saída. A intervenção, garantida pelos trabalhadores municipais, consistiu na diminuição do espaço de arrecadação e mudança de cabos eléctricos, o que permitiu ganhar mais espaço para a circulação das cadeiras de rodas.

 

Tratou-se de mais um passo no trabalho gradual na qualificação da cidade, tornando-a também mais acessível para todos. A título de exemplo, salienta-se a melhoria das condições de mobilidade no edifício dos Paços do Concelho a partir da Praça do Sertório, sendo neste momento todo o edifício acessível através das rampas de acesso, elevador e plataforma elevatória.

 

Num contexto mais alargado, recorda-se ainda o esforço que a autarquia tem a fazer de melhoria da mobilidade no espaço público. Através de uma equipa de técnicos, dependente do Gabinete de Apoio à Presidência e Vereação, avalia de forma continuada os espaços públicos, fornecendo quer à gestão política da câmara quer aos serviços, relatórios que permitem um maior conhecimento das realidades ali vividas, diagnósticos das mesmas e propostas de ação adequadas à ultrapassagem dos problemas identificados. É resultado deste trabalho o programa em curso de elevação de passadeiras e de rampeamento dos lancis com vista a proporcionar uma melhor circulação e condições de segurança aos peões.

C1.jpg C2.jpg C3.jpg C4.jpg C5.jpg