16 abril 2018

Dead Combo encerra com chave de ouro o Festival “Soam as Guitarras”

O Festival "Soam as Guitarras" passou por Évora numa forte afirmação da guitarra como instrumento musical de eleição. Nos seus variados modelos, formas e estilos, a guitarra é um símbolo da música na sua universalidade.

Évora recebeu nos dois últimos fins-de-semana um conjunto de músicos que são exemplos reconhecidos na arte de tirar da guitarra as sonoridades que juntam audiências apaixonadas.

O Teatro Garcia de Resende foi o espaço escolhido por ter a capacidade de proporcionar um ambiente intimista, muito ao jeito do espírito deste instrumento, que de uma forma muito própria une músicos e público numa partilha de sentimentos e emoções.

O Festival teve produção conjunta da Ghude e das Câmaras Municipais de Évora e Oeiras. Em Évora foram realizados quatro concertos, tendo passado pelo palco António Chaínho com Rão Kyao, Mafalda Veiga, José Manuel Neto com Pedro Joia, e finalmente Dead Combo, que encerrou com chave de ouro. O grupo voltou para apresentar ao público eborense o seu sexto trabalho discográfico, um álbum de originais a que chamou "Odeon Hotel". Este será o primeiro dos trabalhos dos Dead Combo a ser editado a nível mundial através da Sony Music. O público correspondeu enchendo completamente o Teatro Garcia de Resende e reconheceu com entusiasmo a qualidade do trabalho musical.

Fica garantido o empenho da Câmara Municipal de Évora na concretização de novo encontro para a 2ª edição do "Soam as Guitarras" em 2019.