27 abril 2020

Em reunião de 22 de Abril de 2020, Câmara de Évora tomou conhecimento da situação e medidas de combate ao COVID-19

O Presidente do Município de Évora, Carlos Pinto de Sá, informou sobre o ponto de situação e as medidas em curso no combate ao COVID-19 no concelho de Évora na mais recente reunião de Câmara. Sublinhou, nomeadamente, que não há contaminação comunitária e as medidas tomadas têm permitido assegurar o controlo da pandemia a níveis muito baixos.

Na Comissão Distrital de Proteção Civil, presidida pelo autarca, deu conhecimento que está pronto a funcionar o Hospital de Campanha, com 100 camas, para apoio de retaguarda ao Hospital do Espírito Santo e está em actividade o laboratório para testes COVID-19 da Universidade de Évora.

Além disso, o Hospital Militar criou 15 camas para doentes do Hospital do Espírito Santo, que assegura a sua gestão e também já iniciou o seu trabalho o centro de apoio aos sem-abrigo, sito no Monte Alentejano (Rossio de S. Brás).

Foi aprovado por unanimidade o Protocolo de Cooperação entre o Município de Évora e as Infraestruturas de Portugal, referente ao Estudo de Implementação de Terminal de Mercadorias em Évora.

A Assinatura do Termo de Aceitação da Candidatura ALT20-04-2316-FEDER-000127, designada por Recuperação do Edifício da Antiga Rodoviária mereceu também aprovação unânime. Trata-se de uma obra enquadrada no Plano de Ação de Reabilitação Urbana do Município de Évora que permitirá a instalação de um novo equipamento colectivo cultural, o Centro de Investigação e Documentação de Évora.

Uma decisão que dá mais um contributo para a requalificação e revitalização do Centro Histórico da cidade e dotando Évora de uma mais-valia cultural que servirá também de apoio à Capital Europeia da Cultura.