14 junho 2018

Em reunião pública extraordinária de 11 de Junho: Câmara de Évora debateu cedência de terrenos junto à Porta de Aviz

A Câmara Municipal de Évora realizou uma reunião extraordinária onde aprovou, com três abstenções (PS e PSD) a Prestação de Contas Consolidadas/Relatório de Gestão Consolidado do Município de Évora 2017. Foi também abordada a cedência de terrenos municipais para Empreendimento Comercial junto à Porta de Aviz, conforme previsto no Plano de Urbanização de Évora. Apesar de aprovada em 2015, esta cedência foi agora de novo debatida em virtude de algumas alterações introduzidas no caderno de encargos, então sujeito a concurso.
Contudo, a necessidade de aprofundar a discussão sobre esta matéria conduziu à retirada deste ponto, não tendo havido lugar a votação. Ainda assim o Presidente da Câmara Municipal sublinhou que o ponto veio a esta reunião para avaliar a posição de cada partido representado na Câmara Municipal por forma a ponderar avançar com um segundo concurso, uma vez que o anterior não teve concorrentes.
O PSD, representado pelo Vereador José Policarpo, em substituição do Vereador António Costa da Silva, concordou em aprofundar esse diálogo, reiterando a disponibilidade do PSD para reanalisar a situação. Por parte dos vereadores do PS, a Vereadora Elsa Teigão, sustentou que a maioria detida pela CDU legitima a intenção do Executivo em levar o assunto à Assembleia Municipal, tendo o Partido Socialista expressado a defesa de um parque para a cidade nas últimas eleições autárquicas. Não sendo essa a leitura do Executivo sobre matéria considerada «muito sensível», decidiu-se retirar o ponto e sujeitá-lo a melhor aprofundamento.