02 agosto 2018

Empreitada de conservação e restauro de três chafarizes em Évora

Por iniciativa da Câmara Municipal de Évora vai ser executada uma empreitada de conservação de três chafarizes, em Évora – os chafarizes do Rossio de S. Brás (conclusão da obra iniciada em 2017), de Alconchel e do Largo dos Mercadores.

A empreitada foi adjudicada por € 73.470,00 à empresa Nova Conservação – Restauro e Conservação do Património Artístico e Cultural Lda., empresa com larga experiência em trabalhos de idêntica natureza, e tem prazo previsto de execução de cerca de 4 meses. Os trabalhos iniciar-se-ão na próxima semana.

Os trabalhos previstos para o chafariz do Rossio são os seguintes: limpeza, consolidação dos blocos em desagregação, colagem de peças em destacamento, tratamento e impermeabilização de juntas não funcionais; micro estucagem de lacunas e outras descontinuidades, tratamento de elementos metálicos em ferro, reposição do funcionamento do sistema hidráulico e instalação de reciclo.

Por sua vez, os trabalhos previstos para o chafariz de Alconchel são os seguintes: consolidação de camadas de pintura decorativa em destacamento, picagem de argamassas degradadas e avivamento de lesões no espaldar, estucatura a cal como camada de acabamento superficial e reintegração pictórica das lacunas, revisão de tratamento das juntas e funcionalidade de grampos metálicos e ancoragens no tanque, recuperação da impermeabilização do fundo, revisão e recuperação do circuito hidráulico de adução, instalação de sistema hidráulico de circuito fechado, reparação do sistema de Iluminação cénica.

Quanto ao Chafariz do Largo dos Mercadores, que tem sido vandalizado, irá beneficiar de uma intervenção de limpeza geral.

Os trabalhos adjudicados inscrevem-se na estratégia municipal de valorização do património hidráulico que tem tido o seu expoente máximo no Programa de Consolidação e Conservação do Aqueduto da Água da Prata.