30 abril 2018

Estudantes ibéricos homenageiam José Saramago

O vigésimo aniversário da atribuição do Prémio Nobel da Literatura a José Saramago foi o tema deste ano da 14ª edição da Maratona da Língua Portuguesa, promovido pelo Instituto Camões – Delegação de Cáceres e que voltou a contar, pelo terceiro ano, com a presença de alunos provenientes de Évora.

Assim, na passada sexta-feira, durante três horas, a Praça de S. Jorge, bem no coração da histórica cidade extremenha, classificada também pela UNESCO como Património da Humanidade, em Novembro de 1986, a língua de Camões, através dos textos de José Saramago, foi homenageada por alunos espanhóis, que declamaram em português, enquanto os alunos lusos exprimiram-se em castelhano, praticando, em contexto local, esta língua estrangeira, que faz parte do respetivo currículo pedagógico.DSC_1430.jpg

A delegação portuguesa que homenageou José Saramago, num total superior a três dezenas de pessoas, foi composta por alunos do Agrupamento de Escolas nº 4, provenientes da Secundária André de Gouveia e da EB 2+3 Conde Vilalva, com os respetivos professores da disciplina, e técnicos da Câmara Municipal de Évora, que voltou a apoiar a iniciativa.DSC_1530.jpg

Por parte de Cáceres, foram cerca de 250 os alunos que participaram na iniciativa, com a delegação "cacereña" a ser liderada pela presidente do município Elena del Campo, que também declamou em português. Recorde-se que o Instituto Camões abriu a sua delegação em Cáceres, na Universidade da Extremadura, em 2004, e que o português já é, nesta comunidade autónoma, com um milhão de habitantes, a segunda língua estrangeira mais estudada e falada, atrás do inglês.​