18 abril 2018

Inaugurada a exposição “O Aqueduto da Água da Prata e o Património Hidráulico de Évora”

Foi ontem, 17 de abril, inaugurada no Convento dos Remédios a exposição "O Aqueduto da Água da Prata e o Património Hidráulico de Évora".

Constituída por peças de arqueologia, fotografias de reconstituições a 3 dimensões, desenhos, pinturas, objetos e artefactos diversos ligados à utilização da água, a exposição evidencia a beleza e imponência monumental do Aqueduto da Água da Prata. Mas não se esgota por aí: tem igualmente destaque o património hidráulico que ao longo dos tempos, desde o período romano, passando pela Idade Média até aos nossos dias, se foi constituindo em função da necessidade de captação e administração de água para o abastecimento, e que hoje é parte importante da história da cidade.

A exposição estará patente até janeiro do próximo ano. Para todo o período em que estiver visitável foi previsto um programa interpretativo que incluirá visitas guiadas, ateliers pedagógicos, workshops, colóquios e palestras temáticas.

A exposição agora inaugurada insere-se no âmbito das comemorações do "Dia Internacional dos Monumentos e Sítios", que se assinala a 18 de abril. Está ainda integrada no Programa de Conservação e Consolidação do Aqueduto da Água da Prata, inicialmente submetido e selecionado ao World Monument Watch 2016-17 do World Monument Fund. Este programa inclui diversas ações, entre as quais algumas já em fase de conclusão, como o levantamento arquitetónico e topográfico dos troços intramuros e extramuros, que irá permitir as necessárias ações de recuperação e conservação. A iluminação cénica do troço intramuros, já em fase de lançamento de empreitada, está também abrangida pelo projeto. Por último é de destacar a candidatura ao Programa Life de um projeto que prevê recuperar o aproveitamento das Nascentes da Água da Prata para consumo, conjugando a vertente funcional do aqueduto com a valorização e aproveitamento dos recursos naturais de forma sustentável.

A inauguração contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, e do Vereador do Pelouro da Cultura Eduardo Luciano. Juntamente com um elevado números de interessados, os eleitos tiveram oportunidade de integrar uma visita guiada por técnicos da Divisão de Cultura e Património, e ainda de assistir à projeção em 3D do filme "Água da Prata. O(s) Aqueduto(s) de Évora".

A exposição foi cofinanciada ao abrigo do programa Portugal 20-20, no âmbito do programa Alentejo 20-20 e do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, numa parceria com a Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTA). A iniciativa contou ainda com a colaboração da Direção Regional de Cultura do Alentejo e do Museu de Évora e o patrocínio da Samsung. A entrada é livre e pode ser visitada nos dias úteis entre as 09h30 e as 12h30 e as 14h00 e as 18:00. Aos sábados, entre as 14h00 e as 17h30.