18 outubro 2018

Palácio de D. Manuel em Requalificação

As obras de requalificação do Palácio de D. Manuel já estão em curso. A partir do projeto assinado pelos arquitetos Victor Mestre da Universidade de Coimbra e Sofia Aleixo da Universidade de Évora, decorre neste momento a intervenção que vai dotar todo o edifício de modernas condições de segurança e funcionalidade.

Este icónico monumento, que completou em 2016 cinco séculos de existência, vai beneficiar de obras de conservação e consolidação estrutural que, entre outros, incluem trabalhos de estabilidade na cobertura. A acessibilidade vai ser alterada, tornando-a mais funcional: destaca-se neste aspeto a instalação de um elevador adaptado a visitantes com mobilidade reduzida e ainda um novo acesso a partir da Praça 1º de Maio. As instalações sanitárias serão adaptadas e as condições térmicas e acústicas serão objeto de renovação, tornando as salas mais acolhedoras e funcionais.

Importa salientar que não estão previstas modificações na imagem exterior, pelo que o Palácio de D. Manuel irá conservar a linha estética que o carateriza.

A requalificação do Palácio de D. Manuel integra-se no âmbito do projeto de criação do "Centro de Acolhimento Turístico e Interpretativo de Évora e Alentejo Central", que irá num futuro próximo envolver toda a Praça 1º de Maio, com adaptação dos edifícios do Mercado e do Museu de Artesanato. O objetivo será a criação de estruturas que possam responder ao nível de exigência dos fluxos turísticos, nomeadamente no que se refere ao apoio geral, logística e informação qualificada não apenas sobre a cidade de Évora, mas também todo o Alentejo Central.

A empreitada de requalificação do Palácio de D. Manuel foi contratualizada pelo valor de 1.289.965,67 € e conta com financiamento ao abrigo do Programa "Alentejo 2020" a 85%, sendo os restantes 15% suportados pelo Orçamento Municipal. O prazo de execução é de 600 dias.