14 julho 2016

Em Reunião Pública de 13 de Julho: Câmara de Évora aprovou contrato para abertura do Complexo Desportivo

​O novo Complexo Desportivo de Évora é inaugurado no final do mês de Julho, anunciou o Presidente do Município, Carlos Pinto de Sá. Nesta reunião foi aprovada por unanimidade a minuta do contrato de comodato a celebrar entre o Instituto Português do Desporto e Juventude (proprietário do Complexo e executor da obra) e o Município de Évora (que elaborou gratuitamente o projeto). O contrato terá a duração de um ano, sendo renovável por iguais períodos.

 

Este documento permitirá à autarquia a gestão do referido equipamento desportivo, colocando-o ao serviço da população, tendo o râguebi e o atletismo um espaço prioritário, mas existindo igualmente lugar para o desporto escolar e de lazer. Através de um mapa de utilização, a Câmara fará a gestão directa do espaço, que se prevê funcionar entre as 7 e as 22 horas, rondando as despesas anuais de manutenção entre os 120 e 0s 150 mil euros, segundo estudo elaborado.

 

"É uma infraestrutura de grande qualidade, que enriquece muito Évora e que disponibilizamos agora à população", considerou o autarca Carlos Pinto de Sá, expressando a sua satisfação por este acordo, sentimento comum a toda a vereação.

 

O Complexo é constituído por uma pista de atletismo standard de 6 corredores de 400 metros, pista de salto em comprimento/triplo, salto com vara, um campo para grandes jogos em relva sintética e instalações de apoio para atletas (inclusive com mobilidade condicionada), técnicos e espectadores, onde se inclui bancada com 180 lugares. Tem capacidade para acolher eventos e estágios nacionais e internacionais.

 

Por proposta do Presidente foi aprovado por unanimidade um voto de saudação às Federações de Futebol e Atletismo pelas recentes vitórias alcançadas pelas suas equipas e atletas nos campeonatos europeus. A Vice-Presidente, Élia Mira, apresentou também as saudações, no que foi seguida por toda a Câmara, a atletas da Associação Académica da Universidade de Évora, do Grupo Desportivo Diana e do Aminata - Évora Clube de Natação, pelos bons resultados alcançados nas mais recentes provas.

 

O Vereador Eduardo Luciano falou do novo programa cultural que este Verão animará a cidade, "Évora à calma", cuja a abertura é dia 16 de julho, prolongando-se até final de Setembro. Conta com um diversificado conjunto de iniciativas, em especial de criadores locais, repartidas pelo Centro Histórico e espaços das freguesias da Malagueira, Horta das Figueiras, Bacêlo e Srª da Saúde.

 

Foi aprovada por unanimidade a proposta para acordo de depósito de acervo com o atual Museu do Marceneiro afim de ser trabalhado museologicamente pelos serviços camarários e futuramente exposto. A loja irá encerrar na Rua da República e o seu proprietário e fundador, Luís Silva, não dispunha de local para acolher as cerca de 600 peças que possui.Toda a Câmara agradeceu a confiança manifestada e reconheceu a importância de tal acervo.

RPC 13 07 16.jpg