23 maio 2016

Em Reunião Pública de 18 de Maio: Câmara de Évora conheceu propostas de jovens para o concelho

​O Executivo Municipal assistiu à apresentação de trabalhos desenvolvidos por alunos das Escolas Secundárias Severim de Faria e André de Gouveia no âmbito do projecto "Nós Propomos/Cidadania, Sustentabilidade e Inovação na Educação Geográfica 2015/16.

 

Este projeto foi lançado a nível nacional pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa para as turmas de 11º ano do ensino secundário de Geografia. Incide na produção de propostas de intervenção no território, através do "Estudo de Caso". A Câmara de Évora participou no projeto pela primeira vez no ano lectivo de 2012-2013, tendo divulgado o mesmo junto das escolas do concelho.

 

A edição deste ano contou com a participação de cerca de meia centena de estabelecimentos de ensino nacionais, cerca de 1600 alunos e 80 professores. Um grupo de alunos da Escola Secundária Severim de Faria obteve o segundo lugar nacional com o projecto Roteiro Turístico do Azulejo de Évora que foi também apresentado na reunião camarária.

 

Para além deste projecto, os alunos deram a conhecer à Câmara ainda os seguintes trabalhos: Museu Virtual do Montado, Parque Nómada de Évora, Revitalização e dinamização do Mercado Municipal de Évora, Revitalização do Salão Central Eborense, Reabilitação do Centro Histórico de Évora, Entrada Principal da Escola Secundária Severim de Faria e Parque de Estacionamento.

 

Toda a Câmara ficou agradada com a qualidade dos trabalhos e o empenho dos alunos neste acto pedagógico e de cidadania, tendo o Vereador Eduardo Luciano solicitado o contacto dos responsáveis pelo projecto referente aos azulejos para promover um encontro destinado a avaliar as possibilidades da sua concretização.

 

O Vereador Silvino Costa apresentou um voto de congratulação aos serviços camarários pelo rebaixamento de lancis na saída para Montemor, tendo o Vereador João Rodrigues informado que já foi feito o levantamento geral das necessidades, sendo um trabalho que se irá estender a toda a cidade, visando melhorar a qualidade de circulação dos cidadãos, em especial daqueles com mobilidade mais reduzida.

 

Assinalando-se nesta data (18 de Maio) o Dia Internacional dos Museus, o Vereador Eduardo Luciano deu conta do programa preparado pelo Município para assinalar esta efeméride, convidando todos a assistir às atividades.  Entre elas destacou a inauguração, em parceria com a Direção Regional de Cultura e a Universidade de Évora, do Núcleo Interpretativo do Megalitismo no Convento dos Remédios. Aliado a isto, salientou ainda a apresentação do trabalho em curso de incorporação, na Câmara de Évora, da coleção antiga da Tipografia Nova doada por José Luís Correia Louro, bem como do projeto Diário Tipográfico que visa o estudo, investigação e contextualização das Artes Tipográficas em Évora nos séculos XIX-XXI.

 

No final da reunião, a Vice-Presidente, Élia Mira, em representação do Presidente, ausente por motivos de saúde, deu a palavra a um grupo de encarregados de educação de alunos da Escola de S. Mamede que vieram expressar as suas preocupações acerca do estado de degradação do tecto de duas salas de aula e o perigo que isto representa para a segurança de todos.

 

Após a exposição da situação e colocados ao corrente das negociações mantidas entre a Câmara, a Universidade e a Direção Regional de Cultura para resolver este problema, foi comunicado que está tudo encaminhado para que as obras sejam realizadas durante a pausa lectiva de Verão que se avizinha. A responsável pela Divisão de Educação e Intervenção Social da autarquia, Helena Ferro, ficou como interlocutora entre os pais e as instituições envolvidas, prestando as informações que forem solicitadas sobre o evoluir dos trabalhos.

RPC 18 Maio16.jpg