21 outubro 2016

Em reunião pública de 19 de Outubro: Câmara de Évora prepara candidaturas para requalificação de escolas

​​​Um conjunto de projetos de requalificação de escolas básicas do concelho que serão candidatados a fundos comunitários até final do corrente mês foi aprovado por unanimidade nesta reunião da Câmara Municipal. De acordo com o Presidente do Município, Carlos Pinto de Sá, visam a melhoria da qualidade dos edifícios, sendo a primeira prioridade a retirada das placas de fibrocimento existentes ainda nalgumas coberturas, em segundo a obra de reparação do teto da Escola de S. Mamede e em terceiro a ampliação da Escola da Horta das Figueiras.

Os pontos agora aprovados incidem, em concreto, no projeto de arquitetura e estabilidade referente à substituição da cobertura do Jardim Infantil de S. António; nos projetos de arquitetura e especialidades referentes à ampliação das Escolas EB1 da Horta das Figueiras, de Almeirim e de S. Mamede; e nos projetos de requalificação das coberturas das Escolas EB1 da Vista Alegre, do Frei Aleixo, da Cruz da Picada e da Horta das Figueiras.

Aprovação unânime mereceu também o ponto sobre a permuta de bens presentes por bens futuros celebrados com a Hagen Imobiliária – Proposta de alteração/substituição do bem futuro. O Município permutou em 2007, no Bairro das Pites, um bem presente -lote de terreno- por um bem futuro de igual valor, correspondente a um lote de terreno infraestruturado a constituir em futuro loteamento promovido pela Hagen. O loteamento foi aprovado e neste as construções de habitação a custos controlados, sem que se constituísse, em todo o terreno abrangido pelo loteamento, o lote de terreno para permutar com o Município.

Propôs o atual proprietário do loteamento e das habitações em questão (Grupo Elevo) transmitir para o Município o direito de propriedade de duas habitações construídas, em substituição do lote infraestruturado. A proposta foi agora aprovada pela Câmara que destinará estes dois fogos para habitação social.

O Vereador responsável pelo Pelouro da Cultura, Eduardo Luciano, apresentou o esboço do programa de comemoração dos 30 Anos de Évora como Património Mundial da UNESCO, que terá lugar em finais de Novembro/início de Dezembro.

A Orquestra Nova de Guitarras, a Orquestra Gulbenkian, Júlio Resende & Júlio Machado Vaz e o Teatro Ex Áqueo irão passar pelo palco do Teatro Garcia de Resende. O Convento dos Remédios acolhe uma exposição sobre artes no Centro Histórico e no auditório Soror Mariana estreia o filme "Marfim", de Luís Godinho.

Na Praça de Giraldo terá lugar a estreia de um espetáculo de dança em honra da cidade, coreografado por Luís Marrafa (Escola Superior de Dança de Lisboa) e a chegada dos participantes na Meia-Maratona. A inauguração de fresco, a assinatura de doação de espólio do Arqtº Raúl David, a sessão solene e atuação de corais alentejanos são outras das iniciativas previstas.

Foi ainda alterada a data da próxima reunião pública de Câmara, realizando-se esta no dia 31 de Outubro, a partir das 10 horas, no Salão Nobre e ficando anulada a reunião de 2 de Novembro. Os trabalhos centrar-se-ão na discussão e aprovação das Grandes Opções do Plano e Orçamento refentes a 2017.

RPC 19 10 16.jpg