Em reunião de 28 de Outubro: Câmara de Évora conheceu estudo sobre pavimentos no Centro Histórico

Principais assuntos tratados na mais recente reunião pública de Câmara.

A Câmara Municipal de Évora tomou conhecimento do relatório da Avaliação Permanente do Espaço Público sobre Tipologias e Estados de Conservação dos Pavimentos no Centro Histórico de Évora, cuja qualidade foi salientada pelos eleitos.

 

O relatório feito por uma equipa de técnicos camarários, coordenada pelo arquiteto António Bouça, avaliou cerca de 206 mil metros quadrados, com 281 espaços individualizados, entre praças, largos, ruas, travessas e outros. Prevalecendo a calçada como principal pavimento, metade da totalidade dos pavimentos das faixas de rodagem apresenta anomalias, sendo positiva a situação na maioria das áreas de circulação pedonal.

 

Apresentado o diagnóstico, a equipa apontou igualmente um conjunto de medidas de atuação para resolver os casos apontados, que vão desde a obrigatoriedade de repor calçadas a toda a largura após as obras feitas pela Câmara ou por terceiros, substituição paulatina das pinturas de marcação da sinalização rodoviária horizontal por pedra de vidraço de cor branca até à retoma da existência de verba para recuperação cada ano de dois ou três arruamentos, entre outras.

 

O Vereador Eduardo Luciano apresentou em detalhe o ponto sobre o Projeto de Regulamento de Horários de Funcionamento dos Estabelecimentos Comerciais e de Prestação de Serviços do Município de Évora, o qual foi aprovado, por unanimidade, entrando agora na fase de discussão pública. Esta fase terá um período de 30 dias, após a qual o documento volta a reunião pública, seguindo depois para aprovação final em sessão da Assembleia Municipal.

 

Conciliar a defesa dos interesses económicos, empresariais e de lazer com a salvaguarda do direito ao descanso dos moradores é um dos principais objetivos deste documento, uma vez que têm chegado à autarquia um volume cada vez maior de queixas relacionadas com o ruído e desacatos provocados pelo funcionamento de diversos estabelecimentos em período noturno.

 

De entre o conjunto de pontos tratados destaca-se ainda a aprovação por unanimidade do Projeto de Parque de Estacionamento para Autocaravanas com estação de serviço, na Avenida Sanches de Miranda, em Évora.

 Évora, 29 de Outubro de 2015

​