04 setembro 2017

Em reunião pública de 30 de Agosto: Câmara de Évora fez balanço do “Artes à Rua”

​O Vereador da Cultura, Eduardo Luciano, efectuou um breve balanço do festival "Artes à Rua" que nos últimos dois meses animou Évora com mais de uma centena de espectáculos e outras manifestações artísticas. Sublinhou a diversidade de iniciativas e a extraordinária adesão dos diferentes públicos, desta que pretende "que seja a primeira de muitas edições", dado o sucesso já alcançado.

Recordou igualmente a importância de se ter dado voz aos criadores locais através de espaço próprio e deixou uma nota de agradecimento pela realização do "Artes à Rua" aos trabalhadores camarários pelo seu contributo, forte empenho e dedicação, nomeadamente a brigada de cargas e descargas, que procedeu à montagem e desmontagem de um muito significativo número de palcos em vários pontos da cidade. O agradecimento foi subscrito também pelos vereadores socialistas.

Esta reunião foi presidida pela Vice-Presidente, Élia Mira, que informou a Câmara que o Presidente tinha encontro marcado em Lisboa neste dia com o Ministro da Saúde para acordarem questões referentes à construção do novo Hospital de Évora.

O Vereador João Rodrigues deu conhecimento da recente ida do Presidente e Vereadores ao Parque de Veículos camarários onde foi feita a entrega aos serviços de um conjunto de viaturas novas adquiridas pela autarquia que são um importante contributo para a melhoria do trabalho. Estas incluem um camião para as obras, um veículo pesado para recolha de resíduos sólidos urbanos, uma carrinha de transporte de crianças, um tractor de 74 cavalos com limpa bermas, valas e taludes e uma retroescavadora.

Foi aprovada por unanimidade a ratificação do despacho do Presidente para prorrogação do prazo para apresentação das propostas no âmbito do concurso público para empreitada de adaptação do Palácio de D. Manuel a Centro Interpretativo de Évora. Uma decisão que tem a ver com o prazo de comunicação da resposta a pedidos de esclarecimento suscitados.

A ratificação de despacho do Presidente referente ao Projecto de Execução do acesso à Porta da Traição (que se abre no pano amuralhado no Paço de S. Miguel sobre o Largo dos Colegiais) obteve aprovação unânime, o mesmo acontecendo ao ponto referente à abertura de procedimento contratual para a empreitada de execução da obra. O projecto é da autoria do Arquitecto João Carrilho da Graça, que fez um trabalho notável em tempo record, como sublinhou o Vereador Eduardo Luciano. Isto, permitiu a entrega atempada da candidatura e abre uma nova linha de financiamento no valor de cerca de 600 mil euros.

A Vice-Presidente, Élia Mira, deu conhecimento do relatório anual do Complexo Desportivo de Évora, salientando a importância desta infraestrutura face ao trabalho realizado e àquilo que já representa para a população, nomeadamente em termos de movimento associativo.

 

Mereceu aprovação unânime o Projeto de Loteamento de Parcela de Terreno Municipal no Bairro de Almeirim, que tem como objectivo final a regularização dos edifícios e infraestruturas públicas que a Associação de Moradores do Bairro de Almeirim e o Município de Évora edificaram no local nos anos setenta. Este é um passo importante para solucionar um problema da propriedade dos lotes que se arrasta há várias décadas.

Foram também aprovadas por unanimidade as propostas referentes às vendas à União de Freguesias de S. Sebastião da Giesteira e Nª Sª da Boa-Fé e Junta de Freguesia de S. Bento do Mato de prédios urbanos municipais onde estão localizados os edifícios das respectivas juntas.

RPC30 08 2017.jpg