18 julho 2019

Reportagens sobre projeto JOVENS FRENTE AO FOGO

​​No âmbito do programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas», cuja gestão e avaliação está a cargo do Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P. (IPDJ, I. P.), a Câmara Municipal de Évora (CME) submeteu e viu aprovado o projeto JOVENS FRENTE AO FOGO (JF2) 2019.

Este projeto, que estará no terreno até 13 de Setembro, está a ter bastante destaque na comunicação social nacional, tendo a vereadora do pelouro do ambiente da autarquia, Sara Dimas Fernandes, e alguns jovens voluntários, concedido várias entrevistas às estações televisivas SIC e RTP durante a manhã de ontem no Alto de S. Bento.

São objetivos deste projeto:

1. Formar jovens como agentes de prevenção de incêndios;
2. Sensibilizar as populações para a problemática dos incêndios florestais;
3. Identificar e monitorizar comportamentos de risco passíveis de serem causa de deflagração de incêndio;
4. Inventariar e sinalizar possíveis locais de ignição.

Paralelamente, recorde-se que no final do mês de Maio foram concluídos os trabalhos de limpeza de faixas de gestão de combustível no Alto de São Bento (ASB), ação que se enquadra não apenas no âmbito das medidas de Defesa da Floresta Contra Incêndios, mas também nos trabalhos preparatórios das próximas ações do Plano de Reflorestação do ASB. Relembramos que em 2018 procedeu-se à plantação de 300 árvores e arbustos​ de espécies nativas, estando prevista a continuidade dos trabalhos de reflorestação, com a plantação adicional de cerca de 2000 árvores e arbustos.

Veja aqui a reportagem:

https://sicnoticias.pt/pais/2019-07-17-Jovens-vigiam-zonas-de-floresta-em-Evora