Ermida de Nossa Senhora do Ó

A primitiva Porta de Avis é das mais antigas da cerca medieval, sendo o primeiro registo conhecido de meados do século XIV. Esta antiga porta foi tapada em data posterior a 1806 e reaberta em 1967. A nova porta de Avis, foi aberta em 1804, como se confirma pela inscrição em mármore existente no seu exterior.

No vão do arco primitivo estiveram pintadas a fresco, em tamanho natural, as figuras de S. Sebastião, Santo António, Nossa Senhora do Espinheiro e a cena da Fuga do Egipto e subjacente, cerca de 1482, segundo a tradição, foi fundada a ermida de N.ª Sr.ª do Ó, que sofreram danos irreparáveis provocados pelos bombardeamentos à cidade durante os assédios 1663. A ermida foi refeita em 1768 e recebeu melhorias em 1804 e apresenta características populares.

Porta de Aviz

Informações Adicionais