Igreja de Santo Antão

Esta igreja substituiu a primitiva ermida de Santo Antoninho, comenda da Ordem do Templo. Foi construída entre 1557 – 63, a instâncias do Cardeal Infante D. Henrique e a sua planta é atribuída ao mestre Manuel Pires.

Frontaria severa, flanqueada por torres sineiras e aberta com três portais maneiristas. No seu interior, a traça é da renascença tardia, com as características de templo-salão. Tem interessantes capelas decoradas de talha policromada maneirista e barroco-rococó e painéis de azulejos do século XVII. Na capela-mor: retábulo de talha dourada, barroco, e no altar subsiste o precioso frontal de mármore, com o Apostolado, do século XIV, que pertencia à primitiva ermida Segundo a tradição, defronte desta igreja existia um magnífico arco romano, destruído em 1570.

Praça do Giraldo

Informações Adicionais