"O Que Vier" - Espetáculo

Theatre

Horário:
21h30 - 19 e 20 de junho
Inicio do Evento:
19 junho
Fim do Evento:
20 junho
Localização:
Teatro Garcia de Resende

A partir de "Medeia" de Eurípedes, "Electra" e "Antígona" de Sófocles

Sinopse:
Aguardo a morte e recebo-a como uma amiga. E a cada seta que me cravarem nas costas, vou sentir a dor de perder o herói que amei. E a cada reencontro, vou ter no rosto o sorriso frágil da esperança que há muito perdi. E a cada punhal que em corpo de traidor enterrei, me irei libertar da estranha mulher que ainda em mim vejo, deste lugar onde estou.
 (Electra in O Que Vier)

Nós somos como somos, não direi más, mas Mulheres. Três Mulheres, que em conjunto, estão sozinhas com elas próprias. Julgadas pelo homem, Antígona, Electra e Medeia encontram-se no final de cada uma das suas Tragédias, sem espaço nem tempo, num abismo alucinante, no qual são obrigadas a reviver os seus erros e o seu passado e a renovar as suas crenças e valores. Como se fossem marionetas, são conduzidas pelos homens das suas narrativas, que se encontram no núcleo da ação do espetáculo – a música.
O Que Vier é e não é uma peça de teatro, é um espetáculo musicado, uma vivência e um desabafo que usa como veículo as tragédias gregas trazidas pelas vozes contemporâneas das Heroínas que as constituem, que também podiam ser as nossas vizinhas do edifício de apartamentos em que vivemos. A eloquência do espaço é formada por aqueles que o habitam e por aqueles que o sentem. 

Criação: Beatriz Roxo, Bruno Domingos, Clara Franco e Lúcia Caroço
Direção Artística e Texto: Lúcia Caroço
Direção Musical e Composição: Bruno Domingos
Interpretação: Beatriz Roxo, Clara Franco e Lúcia Caroço
Músicos: Bruno Domingos, Gonçalo Martins e Hugo Machado 
Desenho de Luz: Bruno Domingos
Apoio de Desenho de luz: João Cáceres
Operação de luz: Apollo Neiva
Operação de Som: Manuel Rico
Assistência de Encenação e Apoio Dramatúrgico: Juliana Fonseca
Caracterização e Figurinos: Chissangue Afonso
Apoio Vocal: Luís Carlos
Fotografia e Edição de imagem: Igor Pinho e Zé Lopes
Design Gráfico: Rúben Jaulino
Coordenação: Ana Tamen

From Euripides' "Medeia", and Sophocles​ "Electra" and "Antigone".

​​​

Informações Adicionais

Inserido na UC Área de Projetos em Teatro, da Licenciatura em Teatro da Universidade de Évora
Apoios: Câmara Municipal de Évora, POKOPY
Informações e Reservas: 266 703 112 | Email:  geral@cendrev.com​
Praça Joaquim António de Aguiar