"Coraçam Coraçam"

Projeto Cancioneiro 1516-2016

Horário:
23h00 - 28, 29 e 30/06 | 2 e 3/07
Inicio do Evento:
28 junho
Fim do Evento:
03 julho
Localização:
Palácio de D. Manuel - Feira de S. João

​​Espetáculo elaborado a partir de textos do Cancioneiro Geral de Garcia de Resende, acompanhado de música renascentista e do grupo Jogralesca.

Projeto Performance, Património e Comunidade
Comemora-se neste ano, de 2016, o V centenário do Cancioneiro Geral, de Garcia de Resende. É neste contexto que surge o desafio lançado pela Drª Carmen Almeida da Câmara Municipal de Évora, no contexto do projeto Performance, Património e Comunidade coordenado pelas professoras Ana Tamen e Isabel Bezelga da Universidade de Évora, de conceber um espetáculo predominantemente teatral a partir de trovas compiladas por Garcia de Resende. A ideia é de revitalizar este património linguístico no espaço onde estes e outros textos célebres, nomeadamente de Gil Vicente, foram apresentados há 500 anos.
Neste ano de efemérides, em que Évora celebra 30 anos desde que foi declarada Património Mundial da UNESCO esperamos contribuir assim para a diversidade de oferta cultural na Feira de S. João.
Os textos selecionados para integrar este “CORAÇAM CORAÇAM” têm a autoria de Garcia de Resende, Duarte de Brito, Diogo Fogaça, Fernam da Silveira, Rui Moniz, D. Joam Afonso d’Aveiro, D. Joam de Meneses, Brás da Costa, Jorge d’Aguiar, Joam Rodriguez de Lucena e Gregorio Afonso, criado do Bispo de Évora. Estes textos, datados do séc. XV e XVI, são trazidos para o séc. XXI através da técnica de Commedia dell’arte que, sendo contemporânea dos textos escolhidos, foi o veículo perfeito para este conjunto, de jovens artistas emergentes – formados pela Universidade de Évora – em colaboração com músicos conceituados da Jogralesca, dar voz a estes textos, trazendo-os para a atualidade, mantendo, no entanto, a distância histórica.

Sinopse
Nesta festa que propomos ao público, Xanto, Dona Guiomar, Brás da Costa e Dona Mecia são um grupo de atores/saltimbancos que se propõem a fazer um espetáculo sendo, assim, a fronteira entre realidade e ficção, entre o expectável e o acidente, muito ténue. Amores, desamores, música, festa, bebida - entre outras encrencas, que dão tanto cuidado ao nosso coraçam - são os ingredientes deste espetáculo​ para toda a família. Através do trabalho em torno da Comédia dell'Arte, Xanto, Guiomar, Brás e Mecia riem, brigam, correm, fogem, cantam, dançam, fazendo a sua própria festa dentro das festividades do S. João.
Paulo Roque​


Projeto Cancioneiro 1516-2016 

Informações Adicionais

Org. Câmara Municipal de Évora | Universidade de Évora - Departamento de Artes Cénicas
Contactos: Telef.266757300 | E-mail: geral@darc.uevora.pt | Site: http://www.dac.uevora.pt/
Entrada livre
Palácio de D. Manuel - Jardim Público