Unidade de Rede de Saúde Mental

A Unidade de Rede de Saúde Mental, constituída em 2014, assume como principais objetivos de atuação a promoção da saúde mental no concelho e a mitigação do estigma em torno do doente mental. Para o ano em curso este grupo de trabalho centrou o seu plano de ação nas seguintes dimensões:

- caracterização de populações específicas;

- capacitação e intervenção na comunidade – prevenção primária.


Entidades parceiras:

Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do HESE;
Câmara Municipal de Évora
Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental
Associação Paralisia Cerebral de Évora
Associação Sócio-Cultural e Terapêutica de Évora
Cercidiana
Associação de Reabilitação, Apoio e Solidariedade Social
Metalentejo
Fundação S. João de Deus
Aliança Solidária Terapêutica de Évora
Núcleo de Psicologia do Alentejo


Atividades previstas

Das 11 ações que compõem a proposta de trabalho para este ano, destacamos a participação no Desafio pela Saúde e o desenvolvimento dos procedimentos para a caracterização dos clientes/ utentes das organizações que compõem esta unidade de rede. À semelhança de outros anos, este grupo de trabalho irá assinalar o Dia Mundial da Saúde Mental (10 outubro) com um conjunto de ações que visam alertar e sensibilizar a comunidade para a Saúde Mental e para a necessidade de redução do preconceito e estigma existentes. Integram este programa de atividades a exposição “Fotografia: caminhos para a saúde mental” patente de 9 a 29 de outubro no Grupo Pró Évora, um ciclo de cinema temático no auditório Soror Marina, uma ação de formação e debate sobre “Patologia Dupla: diagnóstico e tratamento doença mental/alteração do comportamento em pessoas com deficiência intelectual” no dia 12 de outubro pelas 10h, no HESE,EPE e ainda no âmbito do Projeto Mentalizar-“Novas Dependências” com o Centro de Respostas Integradas de Évora na Escola Secundária Gabriel Pereira uma ação destinada a alunos, pais e familiares. Perspetiva-se até ao final do ano a ação de formação “ Perturbação de Oposição e Desafio nos Jovens” com a participação do Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental destinada a docentes e não docentes.