23 abril 2015

Câmara investe na proteção contra incêndios

​​​​​O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá e o Vereador João Rodrigues estiveram dia 22 de abril no Aeródromo Municipal, onde entregaram aos funcionários equipamento de proteção contra incêndios. O valor do equipamento ronda os 10 mil euros, uma parte disponibilizada pela autarquia e outra obtida através de fundos comunitários. Apesar das dificuldades financeiras e económicas camarárias, o Executivo prioriza as questões de segurança com a aquisição de equipamentos fundamentais para o exercício da atividade da Proteção Civil Municipal mantendo, apesar disso, a aposta na prevenção.

 

"Os fogos nas aeronaves podem atingir ​temperaturas muito elevadas sendo que o equipamento está preparado para o efeito​", explicou o autarca João Rodrigues, fazendo votos para que este "nunca seja utilizado em incêndios, mas se acontecer, o ​equipamento está cá para vocês se protegerem".

 

Também o Comandante Operacional Municipal, Joaquim Piteira, realçou a importância da receção deste equipamento - obrigatório no âmbito da certificação do Aeródromo realizada em 2014 – considerando que o mesmo é imprescindível para o combate a fogos em aeronaves, mas também pode ser usado nas ações de Proteção Civil que ocorrem no concelho.

 

Carlos Pinto de Sá salientou igualmente o valor desta entrega, agradecendo também o empenho e profissionalismo dos funcionários. Recordou ainda, em traços gerais, a situação económica e financeira encontrada na Câmara quando assumiram o mandato e o trabalho desenvolvido para minimizá-la, no qual se insere a valorização do Aeródromo e a sua promoção junto de operadores e agentes ligados à aeronáutica.

 

"Aqui no Aeródromo tínhamos um prejuízo de cerca de 200 mil euros por ano, mas apesar de tal situação temos vindo a procurar encontrar um caminho de futuro. Estamos apostados em procurar reequilibrar as questões do Aeródromo, pois consideramos que tem um potencial muito significativo para desenvolver uma atividade que reequilibre as contas e que traga dinâmica para Évora", realçou ainda o edil eborense.