14 abril 2020

Universidade de Évora e Santander criam fundo de apoio de 200 mil euros

A Universidade de Évora (UÉ) e o Banco Santander criaram um fundo de apoio, no valor de 200 mil euros, para apoiar os estudantes e as famílias.

Segundo a UÉ, o fundo também vai servir para reforçar a capacidade de resposta da UÉ, nomeadamente através da realização de testes à covid-19.

"Mais de 50% das verbas destinam-se a bolsas de apoio social para estudantes e a ações que visem a aceleração das atividades de investigação e reforço do equipamento do Laboratório de Virologia Vegetal do Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento (MED), onde funciona a Unidade de Testes à COVID-19 da UÉ", adianta a UÉ.

A academia adianta que "as bolsas de apoio social, no montante unitário de 500 euros, serão atribuídas a estudantes em situação de emergência económica e que comprovadamente tenham uma redução efetiva de rendimento em consequência da atual situação pandémica covid-19".

Quanto à comunidade local, beneficiará, indiretamente, destas medidas, ao contar com a Unidade de Testes Covid-19, que vai realizar até 300 testes por dia para apoiar o Hospital do Espírito Santo de Évora e instituições de apoio a idosos da região.

O ensino à distância, que se tornou uma exigência da atualidade, também será contemplado, estando prevista a aquisição de computadores para empréstimo a estudantes carenciados que não disponham do necessário equipamento para acompanhar as aulas em regime de e-learning.

Está ainda prevista continuidade da produção de viseiras e outro material de proteção individual para disponibilização às Autoridades de Saúde, contribuindo assim para o aumento da capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde (SNS).


Fonte: https://www.dianafm.com/universidade-de-evora-e-santander-criam-fundo-de-apoio-de-200-mil-euros/