Projeto Nós Propomos

​Nós Propomos ​ 

O Projeto Nós Propomos é ​o mote dado pelo Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa em parceria com a ESRI Portugal e com a Digital Earth, para a promoção de uma cidadania territorial, prática, ativa e partilhada, fundando a sua estrutura no Estudo de Caso previsto para a disciplina de Geografia.


Tal como o nome sugere, neste projeto de âmbito nacional, trata-se de prop​or. Mas o que propõem os jovens alunos? Acompanhados pelos seus professores, estes alunos tomam um maior contacto com os instrumentos de planeamento à escala local e são convidados a entender o seu alcance e as suas consequências na vida da sua cidade ou do seu concelho. Olhando ao seu redor, conhecendo o território e reconhecendo as suas dinâmicas, estes jovens são convidados a realizar propostas de planeamento para o concelho, procurando assim contribuir para uma participação pública ativa.

Este projeto conta com a parceria das autarquias que decidem associar-se. É o caso da Câmara Municipal de Évora que desde a primeira hora abriu as suas portas à escola do concelho de Évora que participa no projeto, a Escola Secundária André de Gouveia. Os técnicos da Divisão de Planeamento e Ordenamento do Território, além de terem realizado duas sessões na escola sobre os objetivos do PDM de Évora, acompanham os grupos de trabalho na sua pesquisa, no trabalho de campo, através de cedência de informação e promovendo ainda visitas às instalações da autarquia onde se elaboram os planos locais de ordenamento do território. 

Apostando no incentivo à participação pública e na formação de jovens adultos, a CME participa neste projeto que sai das escolas para o território e, conjuntamente com a comunidade escolar, contribui para uma melhor cidadania e uma forte inovação na educação geográfica. O reconhecimento da importância deste projeto chegou já com a aprovação de candida​tura ao concurso Escolher Ciência – da Escola à Universidade, do Ciência Viva/Agência Nacional para a Cultura Cientifica e Tecnológica, o que se traduz num apoio por dois anos n​o desenvolvimento do projeto.


Vídeo produzido pela Universidade de Lisboa