Aqueduto da Água da Prata na lista de 50 monumentos de interesse mundial

O Aqueduto da Água da Prata foi inscrito numa lista de 50 monumentos de interesse mundial pelo World Monuments Fund (WMF)

​​Organismo Internacional (WMF) inscreve o  Aqueduto da Água da Prata em lista de 50 monumentos de interesse mundial

O Aqueduto da Água da Prata foi inscrito numa lista de 50 monumentos de interesse mundial pelo World Monuments Fund (WMF) – uma prestigiada organiz​ação internacional não-governamental que se dedica à monitorização e preservação do património cultural mundial.

Esta inscrição surge na sequência de uma candidatura que a  Câmara Municipal de Évora apresentou com o objetivo de promover e valorizar o Aqueduto da Água da Prata, em meados do corrente ano. Uma futura intervenção para  conservação e preservação deste icónico monumento eborense pode vir a ser um dos resultados da aprovação agora confirmada pelo programa internacional "2016 World Monuments Watch".

A visibilidade do Aqueduto da Água da Prata e da cidade de Évora resulta significativamente reforçada, particularmente no plano internacional, uma vez que figura a par de monumentos e sítios tão icónicos com a cidade de Petra, os caminhos de Katmandu, no Nepal, o arco de Janus , em Roma, o antigo Colégio de Santo Ildefonso na Cidade do México, a Ladeira da Misericórdia, em S. Salvador da Baía, a Igreja e Convento de S. Francisco, em Quito, ou os Conventos de Sevilha . Esta é, sem dúvida, uma das consequências positivas da inclusão do Aqueduto eborense na lista dos 50 monumentos destacados, de dois em dois anos, por esta entidade mundialmente reconhecida, sublinhada pelo Presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, aquando da receção da notícia.

Pelo seu prestígio e reconhecimento internacional, o World Monuments Fund abre portas e é um parceiro de peso na procura de financiamento, garantindo tam​bém todo o apoio técnico especializado ao mais alto nível no que diz respeito ao restauro, conservação e proteção deste tipo de monumentos.

O Aqueduto da Água da Prata viu a sua construção ser iniciada em 1531. Inaugurado no reinado de D. João III em 1537, está integrado no conjunto classificado pela UNESCO e é, desde 1910, Monumento Nacional.

cartaz-agua-prata-aqueduto.jpg

International Organisation World Monuments Fund includes Água da Prata Aqueduct on the 2016’s World Monuments Watch 

The Água da Prata Aqueduct was one of the 50 cultural heritage sites included on the 2016 World Monuments Watch, by the World Monuments Fund – a prestigious non-profit international organisation dedicated to the preservation and monitoring of historic architecture and cultural heritage sites around the world.

This inclusion follows the application presented by the municipality of Évora, early this year, envisaging the promotion and valorisation of the Água da Prata Aqueduct. The future action for conservation and preservation of this iconic monument may prove to be one of the results of the integration in the 2016’s World Monuments Watch.

The visibility of the Água da Prata Aqueduct and of the city of Évora is thus significantly reinforced, particularly on the international level, since it figures alongside monuments and sites as iconic as Petra archaeological site, the cultural heritage sites of Nepal, the Antiguo Colegio de San Ildefonso in Mexico City, the Ladeira da Misericórdia in Salvador (Brazil), the church and convent of San Francisco in Quito, Ecuador or the convents of Seville. Carlos Pinto de Sá, Mayor of Évora, underlines that i​t is certainly one of the most relevant and positive consequences of the inclusion of the Évora’s aqueduct as one of the highlighted 50 world monuments on the Watch, selected every two years, by the internationally recognised World Monuments Fund.

For its prestige and international recognition, World Monuments Fund opens doors and can be a strong partner in the search for funding, also potentially ensuring all the specialized technical support at the highest level with regard to the restoration, conservation and protection of such monuments.

The construction of the Água da Prata Aqueduct began in 1531. It was inaugurated during D. João III reigned in 1537 and it is integrated in t​he Historical Centre of Évora, classified World Heritage by UNESCO, having been classified National Monument in 1910.