04 julho 2016

1º Congresso Municipalista Alentejano, Évora, 1915

Documento em destaque no mês de julho 2016

Em Outubro de 1915 realizou-se em Évora o 1º Congresso Municipalista Alentejano, sob a presidência de Carlos Serra, do qual saiu a intenção de municipalização dos serviços. A Municipalização significaria o alargamento da esfera de ação dos Municípios sem agravamento de contribuições e impostos.

Esta demostração de propósitos, quanto à organização dos serviços municipais, era parte de um programa mais alargado para o desenvolvimento do Alentejo. Pretendia-se modernizar os municípios no campo da autonomia municipal, dos impostos, das infra-estruturas viárias e ferroviárias, das atividades económicas, da difusão dos conhecimentos agrícolas e da assistência. Entre estas intenções constava ainda a criação da Federação de Municípios Alentejanos, de onde sairia o Parlamento Provincial (formado por representantes de todos os municípios federados).

O documento em destaque do mês de Julho revela-nos assim a principal deliberação tomada no Congresso e que se referia à Federação dos Municípios Alentejanos considerando-se como início de uma nova época para o Alentejo.





Documento Julho.jpg