16 junho 2016

Feira de S. João e o Cardeal D. Henrique

Documento em destaque no mês de junho 2016

​A Feira de S. João sempre foi um acontecimento de relevo para a cidade, pelo que havia que ter em conta a forma na atribuição das tendas da feira. O documento em destaque deste mês revela a preocupação que o Cardeal D. Henrique tinha com o acontecimento.


Transcrição:

"1567, Lisboa, Junho 11

Feira de Sam João

Eu ElRey faço saber aos q[ue] este Alvará virem q[ue] ei por / Bem e me praz por allguns Respeitos, q[ue] me a isto movem, q[ue] no dar das tendas da feira q[ue] se cadano /  faz na Cidade devora se tenha daqui em diante aquela / ordem e ma[nei]ra q[ue] os Vereadores da dita cidade ordenarão / q[eu] se tevese os primeiros dous anos q[ue] se ha dita feira / fez per sua ordenança, e como se faz nas feiras / da Cidade de Beja, e de Villa Viçosa sem nisso aver / outra mudança nem innovação algua, porq[ue] asi o ei / por Bem e meu serviço e mando ao Juiz, Vereadores, e P[rocura]dor / da dita cidade q[ue] ora são e ao diamte forem q[ue] asi o cumprão /e mando ao Corregedor da dita comarqua e coreição da dita / Cidade q[ue] tenha especial cuidado de saber se se cumpre / asi e achando q[ue] o fazem em outra maneira o não consintam / e proveja niso como for justiça E este alv[ar]a se tresladara / no L[ivr]o da Camara da dita cidade, o q[ua]l me praz que valha / e tenha força e vigor como se fose carta feita em meu / nome per mim asinada, e pasada per minha / chançellaria posto q[ue] este não seja pasado pla dita Ch[ancella]ria / sem embarguo das ordenações em co[ntra]rio. Luis de Seixas / o fez em Lisboa a onze de Junho de mil quinhentos e sassenta e sete. João de Seixas o fez escrever//
O Cardeal Infante"

In: Fundo CME, depositado no Arquivo Distrital de Évora, Livro 3º de Registos, nº. 137, pg. 7


Clique para aumentar:

feira1-peq.jpg