14 outubro 2019

Ano Ibero-americano dos Arquivos para a Transparência e Memória

​Segundo a declaração emitida pela XIX Conferência Ibero-americana de Ministros da Cultura, que teve lugar em 3 e 4 de maio de 2018, na cidade de Antigua Guatemala, o ano de 2019 foi declarado como “Ano Ibero-americano dos Arquivos para a Transparência e Memória“. Neste âmbito, o Arquivo Municipal de Évora vem divulgar a série documental “Emigração” que nos permite refazer os anos difíceis vividos à procura de melhores condições de vida, tantas vezes a caminho de amargas deceções. A série documental encontra-se, após tratamento arquivístico, disponível para consulta.

A análise feita à documentação, permite-nos adiantar que em Évora nos anos 60 e início de 70, do século XX, se registou uma forte emigração para a Europa (França e Suiça).

No período compreendido entre 1972 e 1977 reduziram-se os quantitativos de emigrantes, graças à nova conjuntura nacional e internacional, sendo então a preferência dos emigrantes, pertencentes ao Concelho de Évora, pelos países Europeus (Suíça, França e Alemanha), pelos Estados Unidos da América, África do Sul, Rodésia e Arménia.

DOCUMENTOS ASSOCIADOS