2
Praçade Sertorio1920
Sem título-1
Sem título-1
bannerETF
Início do Ano Letivo 2021/2022
Nova Identidade Visual do Município
Covid-19 – Informação Municipal
Acompanhe, informe-se, participe
Pagamento Móvel – Plataforma iParque
App do Município
Serviço Online – ÁGUAS
Guia da Semana
Newsletter “Évora Local”
Newsletter “Évora Local”
Newsletter “Évora Local”
SIEHE +
Teilnahme
Tagebuch
Nachrichten
(Português) Projeto É COMO É foi apresentado na Ludoteca de Évora

(Português) Projeto É COMO É foi apresentado na Ludoteca de Évora

Leider ist der Eintrag nur auf Europäisches Portugiesisch verfügbar.O Projeto É COMO É, que visa capacitar os mais novos para as diferenças através das artes, foi apresentado às escolas participantes no dia 11 de outubro de 2021, na Ludoteca de Évora, pelas promotoras Sofia Duarte e Rita Guerreiro (Academia dos Produtores Culturais) e pela representante do projeto em Évora – Inês Alves (Associação Nacional de Displasias Ósseas). Este projeto tem a duração de 20 meses e será desenvolvido de abril de 2021 a novembro de 2022 com um grupo-alvo de crianças entre os 7 e 8 anos. Tratam-se de alunos do 2º ano do 1º ciclo de escolaridade que frequentam escolas públicas ou privadas nos concelhos de Évora, de Funchal e de Câmara de Lobos (16 escolas no total: 8 escolas em Évora, 4 no Funchal e 4 em Câmara de Lobos). As escolas de Évora participantes no projeto É COMO É são: Escola Básica da Vista Alegre, Escola Básica do Bairro da Câmara, Escola Básica do Chafariz d’EL Rei, Escola Básica Heróis do Ultramar, Escola Básica Horta das Figueiras, Escola Básica de São Mamede, Escola Básica Galopim de Carvalho e Colégio Salesianos. A candidatura do referido projeto, apresentada ao Programa Cidadãos Ativos, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Bissaya Barreto, foi uma das vencedoras no eixo dedicado a apoiar e defender os direitos humanos. Este é promovido pela Academia de Produtores Culturais em parceria com a ANDO Portugal - Associação Nacional de Displasias Ósseas (doenças ósseas raras), com sede em Évora e da ACSS Raquel Lombardi - Organização para a Inclusão e Igualdade, com sede no Funchal, Madeira. Poderá também consultar o site do projeto É COMO É em  www.e-como-e.pt Para além da colaboração da Câmara Municipal de Évora, também a Universidade de Évora irá colaborar para avaliação externa de todo o projeto e, ainda, o Centro Frambu que é uma instituição norueguesa de referência na área das doenças raras e pouco prevalentes, sendo especialistas no trabalho para a sensibilização à diferença física. [gallery link=\"file\" columns=\"5\" size=\"full\" ids=\"27805,27806,27807,27808,27809,27810,27811,27812,27813\"]  
15 von Oktober
(Português) Seniores eborenses foram ao teatro no âmbito do Mês Maior

(Português) Seniores eborenses foram ao teatro no âmbito do Mês Maior

Leider ist der Eintrag nur auf Europäisches Portugiesisch verfügbar.Seniores eborenses foram ao teatro no âmbito do Mês Maior Uma ida ao Teatro Garcia do Resende ver a peça \"Embarcação do Inferno\", de Gil Vicente, pelas companhias “A Escola da Noite” e “Cendrev”, seguida de visita aos bastidores foi a mais recente atividade dinamizada no âmbito da programação do Mês Maior. Teve lugar no dia 13 de outubro e gerou um encontro há muito ansiado entre centenas de seniores, após o prolongado recolhimento fruto da pandemia. Recorde-se que durante o mês de outubro, Évora assinala o Mês Maior com atividades de lazer e formação, inseridas no Programa Municipal de Envelhecimento Positivo e dirigidas aos seniores do Concelho e cujo objetivo principal é promover a sua autonomia e contribuir para o envelhecimento positivo, através de projetos de apoio social e atividades de animação e cultura. As iniciativas do Mês Maior foram programadas e articuladas com a rede de entidades de apoio social ao idoso do Concelho de Évora e incluem, além desta ida ao teatro, jogos tradicionais sobre a temática \"Igualdade e não discriminação\"; sessões de sensibilização sobre os cuidados e comportamentos a ter aquando da ocorrência de sismos, dinamizado pelo Serviço Municipal de Proteção Civil e ainda um espectáculo de música ligeira. O Centro de Convívio da Câmara Municipal de Évora, em parceria com a Creche e Jardim de Infância “Coopberço”, assinalaram também no dia 1 de Outubro, no Jardim da Rua de Avis, o Dia Mundial do Idoso. Esta iniciativa, igualmente integrada na programação do “Mês Maior”, proporcionou o convívio entre as crianças e os idosos. [gallery link=\"file\" size=\"full\" ids=\"27800,27801,27802\"]      
15 von Oktober
(Português) Dia Mundial das Aves Migradoras celebrado em Évora

(Português) Dia Mundial das Aves Migradoras celebrado em Évora

Leider ist der Eintrag nur auf Europäisches Portugiesisch verfügbar.[gallery link=\"file\" columns=\"5\" size=\"full\" ids=\"27615,27616,27617,27618,27619,27620,27621,27622,27623,27624,27625,27626,27627,27628,27629\"] Uma oficina de “anilhagem científica” de aves assinalou o Dia Mundial das Aves Migradoras em Évora no dia 9 de outubro, no Núcleo Museológico do Alto de S. Bento. Ao longo da manhã, foi possível manusear mais de uma dezena de aves (inclusive uma espécie que veio do Norte da Europa passar o Inverno aqui) que foram identificadas, seguindo as pistas do investigador Carlos Godinho, verificando a idade, o peso, o sexo e alguns dados morfológicos. De seguida era colocada uma pequena anilha na pata da ave, que é um indentificador individual, que poderá posteriormente permitir aos cientistas a obtenção de informação muito útil sobres as migrações e comportamentos das diversas espécies. De destacar o envolvimento das crianças participantes, que levaram guias de aves e tentaram identificar as espécies e suas principais características, participando na sua libertação, algo que também as entusiasmou bastante. Esta actividade visa sensibilizar para a importância das aves no desenvolvimento sustentável da região e para o respeito e cuidado que estas merecem, afirmando igualmente Évora como uma terra de aves que naturais e turistas podem observar e estudar. A oficina foi organizada pela Câmara Municipal de Évora e dinamizada pela Universidade de Évora – Laboratório de Ornitologia e MED, no âmbito do Projeto Europeu de Cooperação Transfronteiriça “Território Eurobird” que a autarquia eborense desenvolve com vários parceiros da Extremadura espanhola. O projecto é apoiado pela União Europeia e visa a conservação e promoção do património natural e cultural de territórios com grande potencial em termos de turismo ornitológico. Recorde-se que dia 9 de outubro, é o segundo dia do ano em que se comemora o Dia Mundial das Aves Migradoras, uma vez que o primeiro é em maio, acompanhando a chegada destas na Primavera. Este trabalho de anilhagem científica de aves inclui o avistamento de aves e o conhecimento sobre estas aves no Alto de S. Bento, um local cujo património natural faz dele um “laboratório vivo”. Tal ação vem no seguimento da oficina “Porque cantam as corujas” e antecede 2 atividades seguintes para o público em geral: “Atlas – As aves da cidade de Évora”, e, “A cidade e as andorinhas”.  
13 von Oktober
(Português) 22° Encontro Internacional de Arte Jovem regressa a Évora

(Português) 22° Encontro Internacional de Arte Jovem regressa a Évora

Leider ist der Eintrag nur auf Europäisches Portugiesisch verfügbar.Os participantes do 22º Encontro Internacional de Arte Jovem, da Eslovénia e Roménia, foram recebidos hoje, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelo Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá. Em representação das escolas premiadas, um docente e dois alunos de cada uma participam num atelier aberto de uma semana em Évora que teve início no dia de hoje, 11 de outubro. Durante este período, os alunos, orientados pelos professores, desenham e pintam pelas ruas, expressando a sua criatividade tendo como tema a cidade de Évora. O projeto Encontro Internacional de Arte Jovem destina-se a crianças e jovens de todo o mundo e tem como base um concurso aberto a alunos de escolas e centros de arte com idades entre os 7 e os 18 anos. Entre os grandes objetivos do Encontro realçamos a aproximação e encontro de culturas, a dinamização artística dos jovens, o intercâmbio de ideias, correntes e técnicas, a divulgação e dinamização, por este meio, da cidade de Évora e o envolver da população escolar de Évora num processo criativo. O Encontro é organizado pela TEOARTIS, com mais de 38 anos de atividade, e com o apoio de entidades da cidade, com destaque para a Câmara Municipal de Évora, a Direção Regional de Cultura do Alentejo, o Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo (Museu de Évora) e a Fundação Eugénio de Almeida. As exposições integradas no Encontro estão patentes de 10 de outubro a 10 novembro, na Igreja de S. Vicente, Igreja do Salvador, Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo (Museu de Évora) e Teoartis Galeria. [gallery link=\"file\" columns=\"2\" size=\"full\" ids=\"27560,27558,27552,27550,27548,27547,27542,27541,27540,27543,27544,27545,27546,27554\"]
11 von Oktober
Dokumente
Erfahrung
Schnellzugriffe
Central Alentejo

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt
Namen
E-Mail
Laden Sie unsere App herunter