Skip to main content

Sacro

Atualizado em 17/02/2021

Tudo começou em Évora. Na verdade, começou na infância, pois é lá onde tudo começa. Cruz e orações preenchiam o simbólico na cidade do interior, e os cânticos em menor harmônica numa igreja circular, presenteavam os sentidos. Até que um Escrutínio me apontou o caminho. Subi na cruz. Ali, compreendi o homem com a coroa de espinhos. O veneno tornou-se antídoto, há mistérios cravados no lenho. Passei a escrutinar-me, não a olhos vistos, no silêncio. Os caminhos sinuosos desembocaram-me em Évora, onde ecos de sons milenares insistem em se repetir. Vi nas janelas, vielas, em baixo das pedras, nos vãos das grades, rastros de mim mesma. Resquícios dos baús do inconsciente que revelam segredos dos antigos povos, que ali permanecem a sussurrar. A memória já empoeirada recorda-se: para despertar os vivos, é preciso cruzar tempos, e ressuscitar os mortos.

Espetáculos nos dias 26, 27 e 28 de maio de 2021

Contacto: amandagonsalesdearaujo@gmail.com

Telef: +55 14 98174-4920

Locais: Igreja de São Vicente; Praça do Giraldo; Adro da Sé

 

 

Redimensionar o tamanho da letra
Contraste