Skip to main content

Cinema no Pátio | INATEL ÉVORA | VERÃO EM ÉVORA

Atualizado em 17/07/2024

Linhas Tortas, M/12 | 2 de julho

Luísa, atriz, e António, um escritor e jornalista mais velho, cruzam-se no Twitter. Ele está na rede social anonimamente, sob o nome Rasputine. Começam a trocar mensagens e desenvolvem uma obsessão um pelo outro, que os leva a combinarem um encontro. Mas António tem um acidente a caminho desse encontro e deixa Luísa à espera… Uma história de desencontros do século XXI com argumento da advogada Carmo Afonso e realização de Rita Nunes. Com Joana Ribeiro e Américo Silva nos papéis principais.

 

Ordem Moral, M/14 | 9 de julho

Em 1918, Maria Adelaide Coelho da Cunha, proprietária do “Diário de Notícias” e filha do fundador do jornal, foge com o antigo motorista, mais de duas décadas mais novo do que ela, e deixa toda a gente à sua procura, numa busca altamente mediática. Três semanas depois, é encontrada, internada no hospício Conde de Ferreira e declarada louca e incapaz por Júlio de Matos, Egas Moniz e Sobral Cid, o que permite ao marido vender o jornal e entregá-lo ao serviço dos poderes que irão instituir a ditadura poucos anos depois.
Esta história verídica é o alvo do filme de Mário Barroso, com Maria de Medeiros no papel de Maria Adelaide e argumento de Carlos Saboga.

 

Mosquito, M/12 | 16 de julho

Zacarias, de 17 anos, sonhava com a glória nas trincheiras em França. Mas, para seu desgosto, é enviado para Moçambique, para proteger a então colónia portuguesa dos inimigos alemães. Já em África, depois de manifestar sintomas de paludismo, é deixado para trás pelo seu pelotão. Quando finalmente recupera, o rapaz parte mato adentro em busca dos companheiros, descobrindo um país diferente do que tinha imaginado. De João Nuno Pinto, “Mosquito” inspira-se na figura do avô do realizador. É interpretado por João Nunes Monteiro, Filipe Duarte, João Lagarto, Miguel Moreira, Sebastian Jehkul e Josefina Massango, com a participação especial do fadista Camané.

 

Mosquito, M/16 |  23 de julho

A personagem de um romance escrito no passado ganha vida no presente para atormentar a autora, revivendo e revisitando com ela a história de um Crime.

 

A Noiva, M/12 |  30 de julho

Uma adolescente europeia foge de casa para casar com um guerrilheiro do Daesh. Torna-se uma noiva da Jihad. Três anos mais tarde a sua vida mudou dramaticamente. Vive num campo de prisioneiros no Iraque. Agora é mãe de dois filhos e está grávida outra vez. É uma viúva de 20 anos e será brevemente julgada pelos tribunais iraquianos. O que a experiência da guerra e a lavagem cerebral lhe fizeram?