layout_SITE_CentroVAcinação_01
banersite2a
imaterial_1920_01
Nova Identidade Visual do Município
Covid-19 – Informação Municipal
Acompanhe, informe-se, participe
Pagamento Móvel – Plataforma iParque
App do Município
Serviço Online – ÁGUAS
Guia da Semana
Guia da Semana
Guia da Semana
VER +
Atendimento
Agenda
Notícias
Projeto Replay realizou oficinas de reciclagem de brinquedos em escolas eborenses

Projeto Replay realizou oficinas de reciclagem de brinquedos em escolas eborenses

A equipa do _ARTERIA_LAB, laboratório criativo da Universidade de Évora, realizou ao longo dos últimos meses cinco oficinas de desmontagem de brinquedos em escolas básicas do concelho de Évora: uma na Escola Básica Heróis do Ultramar; 1 na Escola Básica Senhora da Glória; 1 na Escola Básica Horta das Figueiras e 2 na Escola Básica Galopim de Carvalho. Esta atividade teve como objetivo dar seguimento ao trabalho realizado com os alunos no âmbito do projeto Plastic REPLAY (do qual a Câmara de Évora é parceira), que visa sensibilizar para o consumo consciente e reciclagem de brinquedos com componentes de plástico. Consistiu numa apresentação sobre a origem do plástico, um jogo de bingo elaborado pelo _ARTERIA_LAB sobre os materiais que compõem os brinquedos e a desmontagem de brinquedos em fim de vida, recolhidos pelas crianças. O plástico dos brinquedos recolhidos será reciclado na oficina do _ARTERIA_LAB e transformado num novo brinquedo - o OIO, um kit inspirado nos jogos tradicionais, criado por André Panóias e Manuel Marchante, designers e ex-alunos da Universidade de Évora. O OIO foi um dos nove projetos apresentados nacionalmente e escolhido numa avaliação que incluiu votos de mais de duzentas crianças e apreciação de um júri especializado. Os próximos passos do Plastic REPLAY incluem a visita das turmas participantes às instalações do _ARTERIA_LAB para conhecer as máquinas de reciclagem de plástico e participar na produção de novos objetos. Todos os interessados podem colaborar com o projeto, através da doação de brinquedos ou participando como voluntários nas sessões de desmontagem organizadas pelo _ARTERIA_LAB. Para mais informações: https://arterialab.uevora.pt/plastic-replay/ ou arterialab@uevora.pt   [gallery link=\"file\" columns=\"5\" size=\"full\" ids=\"23925,23926,23927,23928,23929,23930,23931,23932,23933,23934,23935,23936,23937\"]
21 de Junho
Nogam inaugurou nova fábrica de processamento de nozes no concelho de Évora

Nogam inaugurou nova fábrica de processamento de nozes no concelho de Évora

A Nogam, empresa do grupo familiar Ortigão Costa – um grupo com mais de 60 anos de atividade no setor agroalimentar, inaugurou hoje (18 de Junho de 2021) a sua nova fábrica de processamento de nozes, na Herdade das Atafonas, em Torre de Coelheiros – Évora, onde tem também uma vasta plantação de nogueiras. Esta unidade, a maior fábrica de processamento de nozes em toda a Europa, irá gerar cerca de 100 postos de trabalho (directos e indirectos) e terá capacidade para produzir  anualmente 6 mil toneladas de nozes. Propõe-se substituir a importação feita ao mercado norte-americano nesta área, com diversas vantagens, nomeadamente a nível da qualidade e da produção sustentável. Após o descerrar de lápide, seguiu-se a visita às instalações, culminando o evento com uma cerimónia solene que contou com intervenções do Director Executivo da Nogam, do Presidente da Câmara Municipal de Évora, do Administrador da Nogam, da Ministra da Agricultura e do Ministro da Economia. O Presidente do Município de Évora, Carlos Pinto de Sá congratulou-se por mais este importante investimento no concelho num período tão difícil para a economia, realçando também o facto de um conjunto de sectores terem mantido as propostas de investimento e de retoma económica no Concelho. [gallery link=\"file\" columns=\"4\" size=\"full\" ids=\"23882,23883,23884,23885,23886,23887,23888,23889,23890,23891,23892,23893,23894,23895,23896\"]  
18 de Junho
Exposição “As Linhas do Tempo – Desenho de arquitectura e engenharia” revela espólio de Raul David e Celestino David

Exposição “As Linhas do Tempo – Desenho de arquitectura e engenharia” revela espólio de Raul David e Celestino David

No Convento dos Remédios até 31 de outubro Já pode ser visitada, no Convento dos Remédios, a exposição que revela parte do espólio do Arquiteto Raul David e do Engenheiro Celestino David, doado em 2017 à Câmara Municipal de Évora. Este espólio é composto por 1134 unidades de instalação (pastas, processos e rolos de plantas) e cerca de 40 mil documentos. A inauguração contou com a presença de muitos membros da família David, com a abertura a caber ao vereador da Cultura da autarquia eborense, Eduardo Luciano. Para o autarca, “esta exposição reflete uma visão da cidade que importa dar a conhecer, tratando-se de uma primeira abordagem a este importante espólio.” Celestino Froes David agradeceu à Câmara de Évora, em nome da família, a divulgação pública do trabalho desenvolvido pelos irmãos Raul e Celestino David ao longo de cerca de quatro décadas do século XX, o qual deixou uma marca indelével no tecido urbano da Cidade de Évora. Jorge Lopes, um dos técnicos municipais responsáveis pela organização do evento, deu conta do processo que levou à inventariação e seleção da documentação constante na exposição. “O espólio no qual assenta a exposição As Linhas do Tempo é composto por centenas de projetos distintos contendo milhares de plantas, permitindo-nos um olhar privilegiado não só em relação ao processo criativo, mas também em relação ao conjunto de tarefas e procedimentos que constituem, na sua globalidade, um projeto de arquitetura/engenharia”, pode ler-se na memória descritiva desta mostra. Do acervo, para além das plantas de arquitetura e engenharia, fazem parte programas de concurso, cadernos de encargos, documentação dispersa, fotografias e correspondência pessoal. Em termos de tipologia, podemos encontrar projetos relativos a edifícios públicos, planeamento de urbanizações camarárias, variadíssimos projetos de instalações comerciais, obras particulares – de características urbanas ou agrícolas, e, muito particularmente, projetos relacionados com a edificação ou ampliação de estabelecimentos de ensino ou de carácter religioso. A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira entre nos seguintes horários: 9h30 > 12h30 e 14h00 > 17h30. [gallery link=\"file\" columns=\"4\" size=\"full\" ids=\"23858,23862,23863,23864,23865,23866,23867,23868,23869,23870,23871,23872,23873,23874,23875,23876\"]  
18 de Junho
Em reunião pública de 16 de Junho de 2021, Câmara de Évora aprovou Prestação de Contas 2020

Em reunião pública de 16 de Junho de 2021, Câmara de Évora aprovou Prestação de Contas 2020

Um dos assuntos em destaque nesta reunião foi a Prestação de Contas 2020, cujo ponto mereceu aprovação, com as abstenções dos Vereadores do PS e do PSD. O ano de 2020, tal como considerou o Presidente da Câmara Municipal, Carlos Pinto de Sá, e indica o documento de Prestação de Contas, foi negativamente marcado pela pandemia COVID-19 que se constituiu com centro determinante da atividade do Município, tendo obrigado profundas alterações e adaptações das Opções do Plano e Orçamento Municipal. Deste modo, o Município assumiu como prioridade das prioridades um Programa de Emergência de resposta e combate à pandemia COVID-19, focado na salvaguarda da saúde e da segurança de toda a população do concelho e dos trabalhadores do Município. Ainda que essa tenha sido a principal prioridade, uma vez que estava (e está) em causa a saúde da população, procurou-se, na medida das limitações impostas, manter toda a outra atividade possível, com particular destaque para a intervenção social e o investimento, de modo a minimizar a crise económica e social decorrente. A Prestação de Contas de 2020 é a principal documentação política e técnica que sintetiza e descreve a atividade desenvolvida pelo Município de Évora em 2020 e integra o Relatório de Gestão e a Conta de Gerência. Esta Prestação de Contas e, em particular os Mapas Económicos e Financeiros, foi elaborada conforme determinou o novo Sistema de Normalização Contabilística – Administração Pública (SNC-AP) que introduz alterações substanciais relativamente às anteriores normas do POCAL. Sendo o Município uma instituição pública cujos órgãos de direção integram o sistema e o poder políticos democráticos, tendo uma actividade municipal mais lata, deve ter outras preocupações e integrar muito mais do que uma “simples” gestão custo / proveito ou seja uma visão meramente economicista. Por isso, o Município considera que o novo SNC-AP, finalmente implementado, parece uma oportunidade perdida para ultrapassar alguns destes problemas. Aliás, nalguns aspectos cruciais, agrava-os. Numa larga intervenção, o Presidente destacou alguns aspectos do vasto trabalho realizado em 2020 nas diversas áreas municipais. O manter das obras em curso durante a pandemia, a redução muito substancial da dívida camarária, a redução importante do prazo médio de pagamento, o reforço do equilíbrio orçamental, o facto de pela primeira vez a Câmara deixar de ter excesso de endividamento foram alguns dos aspectos focados. O Presidente da Câmara Municipal fez também o ponto de situação sobre a pandemia no Concelho que está numa situação de acalmia, após ter sido dominado o surto ocorrido devido a uma festa e que afetou, em particular, várias escolas. No início da semana existiam 16 casos ativos, continuando a situação a manter-se controlada. O Município manterá prontas a ativar, se necessário, estruturas de apoio à população e ao Hospital. Após decisão conjunta da Administração Regional de Saúde, Agrupamento de Centros de Saúde do Alentejo Central e Município de Évora, o Centro de Vacinação muda no dia 18 de Junho para novas instalações, localizadas nas antigas instalações da empresa A. Matos Car, junto à Rotunda da Decathlon. Estas instalações, com mais comodidades, foram arrendadas recentemente pela Câmara Municipal para prevenir o problema das elevadas temperaturas sentidas no Verão na Arena, evitando assim uma espera mais incómoda como a que se verifica actualmente. Mereceu aprovação unânime a proposta para programa municipal \"Porta das Associações Juvenis\", a ter lugar no Ponto Jovem - Espaço Municipal para Juventude, durante o Verão. Tendo em conta a necessidade de encontrar um espaço que corresponda às necessidades da juventude e associações juvenis, será concretizado durante os meses de Verão, enquanto projecto-piloto, o referido programa municipal. A utilização do ponto Jovem contemplará a dinamização do espaço pelas associações juvenis e grupos informais de jovens do Concelho e será feita quinzenalmente, em sistema de rotação, mediante prévia candidatura que contemple iniciativas para jovens. Para além de disponibilizar o espaço, a Câmara Municipal de Évora poderá facultar apoios logísticos e financeiros às associações, cujas candidaturas forem aprovadas, para a concretização dos projectos a desenvolver na \"Porta das Associações Juvenis\" desde que o acesso seja gratuito para todos os jovens. O apoio financeiro, até 500 euros, será atribuído mediante justificação de despesa com as actividades. Foi ainda aprovada por unanimidade uma saudação ao Clube de Rugby de Évora que conquistou o Campeonato Nacional de Rugby da 1ª divisão no dia 12 de Junho e outra ao cavaleiro Vasco Mira Godinho convocado pela Federação Equestre Portuguesa para integrar a equipa que vai representar Portugal na disciplina de Dressage nos Jogos Olímpicos que decorrerão este ano em Tóquio (Japão). O autarca eborense, Carlos Pinto de Sá, informou ainda sobre o aumento das ligações ferroviárias entre Évora e Lisboa. As duas cidades têm, desde 13 de Junho, cinco Intercidades diários. Além da circulação de dois comboios de manhã e de dois de tarde, a CP criou mais uma viagem, com partida às 11h35 de Évora. Outra das novidades do novo horário é a criação de um serviço directo entre Évora e Beja indo assim ao encontro de antigas aspirações da Câmara de Évora e das populações.
18 de Junho
Campanha de apoio à restauração visa atrair turistas e clientes a Évora

Campanha de apoio à restauração visa atrair turistas e clientes a Évora

Depois de mais de 1 ano de confinamento, é hora, com todos os cuidados a que o contexto obriga, de devolver a vida às ruas de Évora. A par do retomar da atividade cultural, a Câmara Municipal, atenta às dificuldades do setor da restauração, está a lançar a campanha Évora, onde o alentejo se prova à mesa, para apoio aos restaurantes e bares do concelho. Esta é uma ação de âmbito local e nacional com o objetivo de trazer de volta a Évora os clientes e turistas apaixonados pela boa gastronomia alentejana, procurando contribuir, desta forma, para alavancar a retoma de um dos setores mais afetados pelos efeitos da pandemia. Através desta iniciativa, o município disponibiliza, gratuitamente, mediante solicitação, uma série de materiais promocionais para restaurantes e bares, nomeadamente, placas com a designação aberto/fechado, bases de copos e individuais de mesa. Todos os interessados que pretendam aderir à campanha devem solicitar os materiais através do endereço: cme.dc@cm-evora.pt (limitados ao stock disponível). Numa segunda fase, a campanha pretende contar com a participação ativa destes comerciantes, dando-lhes a oportunidade de associarem o seu rosto, mostrando a clientes e visitantes o sorriso de quem os recebe. Para isso, a Câmara Municipal desafia os profissionais da restauração e bares a serem fotografados nos seus estabelecimentos, juntamente com as suas equipas. Os interessados em participarem nas sessões fotográficas devem contactar através do email cme.dc@cm-evora.pt, ou, pelo telefone 266 777 105. Brevemente, serão disponibilizados alguns brindes para oferta aos clientes no final da refeição. Esta campanha tem como objetivo afirmar ainda mais Évora como terra de bem receber, trazendo os clientes de volta, mas inserindo-se numa estratégia mais ampla. Foi nesse sentido que no último Natal o município desenvolveu uma campanha de estímulo ao comércio local, denominada “Este Natal ofereça uma prenda a Évora, faça compras no comércio Local”, destinada a apoiar o comércio tradicional. Nesta perspetiva alargada cabe também, por exemplo, o Festival Imaterial, que entre 18 e 26 de junho cruza músicas e culturas de vários pontos do globo na capital alentejana, trazendo a dinâmica cultural de volta ao espaço público. É tempo de voltar a Évora.
16 de Junho
Câmara de Évora comemora Santos Populares com seniores do Concelho

Câmara de Évora comemora Santos Populares com seniores do Concelho

A Câmara Municipal de Évora está assinalar as festividades dos Santos Populares com um programa musical dinamizado pelo grupo de formadores da Orquestra Juvenil de Sopros de Évora dirigido aos utentes de centros de dia e centros de convívio do Concelho de Évora. Trata-se de uma iniciativa integrada no Plano de Ação de 2021 da Unidade de Rede de Envelhecimento Positivo em colaboração com o Departamento Socio Cultural camarário que decorrerá de 11 de Junho a 8 de Julho, proporcionando momentos lúdicos de participação social e comunitária e de combate de isolamento, fruto da pandemia de Covid-19. As atuações são efetuadas ao ar livre. O programa iniciou-se no dia 11 Junho, no Centro de Dia de Nossa Senhora de Fátima (10 horas), e na Associação “Os Amigos de S. Manços” (11:30 horas). No dia 18 Junho é a vez da Santa Casa da Misericórdia de Azaruja (10 horas) e da Associação de Desenvolvimento e Bem-Estar de Nª Sª de Machede (11:30 horas). Dia 25 Junho será no Centro Social e Paroquial de Nª Sª da Boa-fé (10 horas) e na Associação de Idosos de Guadalupe (11:30 horas) e dia 2 de Julho na Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Torre de Coelheiros (10 horas) e no Centro Social e Paroquial de Torre de Coelheiros (11:30 horas). No dia 8 de Julho, as actuações terão lugar no Centro Social e Paroquial de S. Sebastião da Giesteira (10 horas), na Associação de Idosos e Reformados de N. Srª Graça do Divor (11:30 horas), na Obra S. José Operário (14 horas), no Centro Social de Nª Sr.ª Auxiliadora (15 horas) e no Centro de Convívio da Horta das Figueiras (16 horas). [gallery columns=\"2\" link=\"file\" size=\"full\" ids=\"23772,23773,23774,23775,23776,23777,23778,23779,23780,23781\"]
16 de Junho
Documentos
Conhecer
Acessos rápidos
Alentejo Central

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt
Nome
Email
Descarregue a nossa app