bannerrotativo
2
Sem título-1
Sem título-1
bannerETF
Início do Ano Letivo 2021/2022
Nova Identidade Visual do Município
Covid-19 – Informação Municipal
Acompanhe, informe-se, participe
Pagamento Móvel – Plataforma iParque
App do Município
Serviço Online – ÁGUAS
Guia da Semana
Newsletter “Évora Local”
Newsletter “Évora Local”
Newsletter “Évora Local”
SEE +
Attendance
Diary
News
Assembleia Municipal de Évora elegeu Mesa

Assembleia Municipal de Évora elegeu Mesa

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.A composição da Mesa da Assembleia Municipal de Évora foi eleita no dia 19 de outubro, sendo vencedora a lista A, com 15 votos, apresentada pelo Partido Socialista, que inclui os seguintes Membros: Jorge Araújo (Presidente), Ananias Quintano (1º Secretário) e Maria Nazaré Lança (2º Secretário). Por seu turno, a lista B apresentada pela Coligação “Mudar com Confiança” obteve 10 votos e teve a seguinte composição: José Manuel Santos (Presidente), Ana Raquel Taboleiros (1º Secretário) e Francisco Branco de Brito (2º Secretário. A lista C, proposta pela CDU, obteve 7 votos, indicando Clara Grácio como Presidente, Lília Fidalgo (1º Secretário) e José Figueira (2º Secretário). Registou-se ainda um voto em branco, tendo esta votação contado com a participação de 33 Membros. Nesta sessão, além das intervenções dos diversos representantes das forças políticas para apresentação das listas, o Presidente recém-eleito, Jorge Araújo, dirigiu-se à Assembleia destacando alguns tópicos sobre o trabalho futuro, tendo salientado, nomeadamente, a importância da diversidade na Assembleia “como factor de sucesso” por forma a “ter uma visão mais global da realidade”, considerando ainda que “tudo devem fazer para que o conflitual não se torne conflituoso”. A composição da Assembleia Municipal pode ser consultada em https://www.cm-evora.pt/municipe/assembleia-municipal/ .     [gallery link=\"file\" columns=\"4\" size=\"full\" ids=\"28062,28064,28065,28066,28069,28070,28071,28072\"]
20 of October
(Português) O edifício do antigo Salão Central Eborense está reconstruído

(Português) O edifício do antigo Salão Central Eborense está reconstruído

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.O novo Salão Central Eborense, completamente remodelado a partir do estado de ruína, está prestes a dar lugar a um moderno equipamento multiusos. Este novo equipamento assumirá brevemente um papel central no panorama cultural eborense, constituindo-se como infraestrutura de suporte aos grupos e associações que na cidade de Évora dedicam a sua atividade às artes e ao espetáculo. A recuperação deste edifício veio cumprir uma aspiração antiga dos eborenses. Importante não só pelo significado cultural e pela eliminação da marca negativa da ruína no coração do Centro Histórico, mas também pela forte marca emocional que subsiste no imaginário de muitos eborenses. O edifício do antigo Salão Central Eborense recebeu ontem, 18 de outubro, a visita do Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, e do Vereador Alexandre Varela, acompanhados por elementos da equipa técnica responsável pela obra. No local, os eleitos e os técnicos do Município puderam inteirar-se sobre a evolução dos trabalhos, receber informações sobre a respetiva execução, e avaliar a necessidade de eventuais acertos para os acabamentos. O antigo Salão Central Eborense beneficiou de uma remodelação profunda, mas com a preocupação de preservar a imagem exterior e a estrutura original. A empreitada de recuperação deste importante espaço de cultura obteve financiamento através pelo Programa Operacional Alentejo 2020, no âmbito do PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, inserindo-se na estratégia municipal de regeneração urbana e revitalização do Centro Histórico de Évora. [gallery link=\"file\" size=\"full\" ids=\"28017,28018,28019,28020,28021,28022,28023,28024\"]
19 of October
(Português) Brinquedos de bolso ‘invadem’ a Ludoteca

(Português) Brinquedos de bolso ‘invadem’ a Ludoteca

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.No passado sábado, dia 16 de outubro, a Ludoteca recebeu a oficina ‘Brinquedos de bolso’ onde os pequenos exploradores, as crianças, tiveram oportunidade de ver e conhecer algumas das brincadeiras e dos brinquedos dos seus pais, guiados pela artista Bru Junça.   Os pequenos exploradores ao encontrarem na Ludoteca várias caixas com objetos (da Coleção de Brinquedos Antigos da Ludoteca de Évora) no interior, perceberam o significado das memórias pelas reações dos adultos presentes e o valor de uma coleção. Os participantes ainda tiveram a oportunidade de mostrarem os seus brinquedos de bolso e orientados pela artista e mediadora cultura Patrícia Azevedo Godinho, desenharam as sombras dos seus brinquedos e fizeram coleções de postais com técnicas diferentes e de sobreposição de materiais que tornam visível ou invisível essas memórias/brinquedos desenhadas(os).   Esta oficina é uma oferta no âmbito do Programa de Atividades que assinala o Início do Ano Letivo que o Município de Évora tem desenvolvido. Marca também o início de um programa de atividades que se pretende desenvolver para manter a proximidade entre os amigos da Ludoteca e este lugar especial da cidade durante a obra que se irá iniciar tão breve quanto possível, já que, foi aprovada a candidatura de requalificação da Ludoteca, em agosto deste ano. [gallery columns=\"2\" link=\"file\" size=\"full\" ids=\"27983,27984,27985,27986,27987,27988,27989,27990,27991,27992,27993,27994,27995,27996,27997,27998,27999,28000,28001,28002,28003,28004,28005,28006,28007,28008,28009,28010,28011,28012,28013,28014\"]
19 of October
(Português) Eleitos Municipais de Évora tomaram posse e realizaram primeira sessão da Assembleia

(Português) Eleitos Municipais de Évora tomaram posse e realizaram primeira sessão da Assembleia

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.Os cidadãos eleitos para os novos cargos de membros da Câmara e da Assembleia Municipal de Évora, tomaram posse no dia 15 de outubro, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, numa cerimónia aberta à população, que pôde ser também seguida via internet em https://youtu.be/_unzTxBK9z4 Logo após a tomada de posse, realizou-se a primeira sessão da Assembleia Municipal de Évora (AME) para a eleição da Mesa, mas, por falta de consenso, foi agendada a continuação dos trabalhos para amanhã, dia 19 de outubro, a partir das 21 horas, na Sala dos Leões/Paços do Concelho. A cerimónia foi iniciada pelo Presidente cessante da AME, Carlos Alberto Reforço, a que se seguiu a leitura da acta de instalação da Assembleia, que inclui os seguintes membros: Jorge Quina Ribeiro de Araújo (Partido Socialista), Maria Clara Canotilho Grácio (Coligação Democrática Unitária), José Manuel Martins dos Santos (Coligação Mudar com Confiança – Partido Social Democrata, Centro Democrático Social/Partido Popular, Movimento Partido da Terra, Partido Popular Monárquico), Paula Cristina Nobre de Deus (PS), João Manuel Fialho de Sousa (Movimento Cuidar de Évora), Maria Elmina Gouveia Barreira Lopes (CDU), Diogo Costa Freitas Pestana de Vasconcelos (Coligação Mudar com Confiança), Natanael José Carvalho da Vinha (PS), José Maria Rodrigues Figueira (CDU), Luís Filipe Braguez Caldeirinha Roma (CHEGA), Ana Beatriz Mayorga Perez Cardoso (PS), Maria Cristina Correia Santos Mata (Movimento Cuidar de Évora), Ana Raquel Simões de Abreu Taboleiros (Coligação Mudar com Confiança), Lilia Graciete Zambujo Fidalgo (CDU), João Gonçalo Rebelo Fernandes Costa (PS), Gertrudes da Conceição Gomes Pastor (CDU), Francisco Maria Gonçalves Lopes Figueira (Coligação Mudar com Confiança), Bruno Manuel dos Santos Martins (Bloco de Esquerda), Maria da Nazaré Pereira Lança (PS), Joaquim José Pombinho Faria (Movimento Cuidar de Évora) e António João Tonaco Gavela (CDU). Por inerência também os Presidentes de Juntas e de Uniões de Freguesia do Concelho fazem parte da AME: Ananias Delfim Courelas Quintano (eleito pelo PS para a União de Freguesias de Malagueira e Horta das Figueiras), Luís Carlos Fialho Pardal (eleito pelo PS para a União de Freguesias de Bacelo e Senhora da Saúde), Francisco Manuel Branco de Brito (eleito pela Coligação Mudar com Confiança para a União de Freguesias de Évora, São Mamede, Sé, São Pedro e Santo Antão), Bernarda Julieta da Noite Cota (eleita pelo PS para a Junta de Freguesia de Canaviais), Florinda da Conceição Mendes Carvalho Russo (eleita pelo PS para a União de Freguesias de São Manços e São Vicente do Pigeiro), David Miguel Mirrado Lopes (eleito pelo MICAZA - Movimento Independente de Coesão Azarujense para a Junta de Freguesia de São Bento do Mato), Joaquim António Filipe Pimpão (eleito pela CDU para a União das Freguesias de Nª Sª da Tourega e Nª Sª de Guadalupe), Redolfo Constantino Pereira (eleito pelo PS para a União de Freguesias de São Sebastião da Giesteira e Nª Sª de Boa-Fé), José Vitorino Piteira (eleito pelo Machede Movimento Popular Independente para a Junta de Freguesia de Nª Sª de Machede), Luís Miguel Caeiro Nico Ramalho (eleito pelo PS para a Junta de Freguesia de São Miguel de Machede), Lúcio Gabriel Ludovico Guerreiro (eleito pelo PS para a Junta de Freguesia de Torre de Coelheiros) e Isidro José de Oliveira Lobo (eleito pela CDU para a Junta de Freguesia de Nossa Senhora da Graça do Divor). De seguida, usaram da palavra os seguintes representantes das forças políticas: Bruno Martins (BE), Luís Roma (CHEGA), João de Sousa (Movimento Cuidar de Évora), José Manuel Santos (Coligação Mudar com Confiança), Maria Clara Grácio (CDU) e Jorge Araújo (PS). As Intervenções foram marcadas, maioritariamente, pelo constatar da necessidade de estabelecer consensos políticos que permitam uma governação com estabilidade - dado que não houve maiorias e existe um largo círculo de partidos e movimentos - e pelo apelo à colaboração como vista a responder melhor às necessidades da população. Após a leitura da acta de instalação da Câmara Municipal de Évora, seguiu-se a assinatura dos seguintes eleitos: Presidente Carlos Manuel Pinto de Sá (CDU) e Vereadores José Gabriel Paixão Calixto (PS), Alexandre Manuel Rosa Varela (CDU), Lurdes Judite Dionísio Pratas Nico (PS), Florbela da Luz Descalço Fernandes (Movimento Cuidar de Évora), Patrícia José Correia Raposinho (Coligação Mudar com Confiança). Henrique Sim-Sim (Coligação Mudar com Confiança) não pôde estar presente pelo que tomará posse na primeira reunião pública de Câmara, a realizar no próximo dia 20 de Outubro. O Presidente da Câmara Municipal de Évora, Carlos Pinto de Sá, usou da palavra para falar do trabalho realizado no mandato anterior, destacando dois desafios significativos: o combate à pandemia e a recuperação das contas camarárias. No combate à pandemia realçou a importância do trabalho em cooperação com as mais diversas entidades, evidenciando a importância crucial dos serviços públicos. O autarca mostrou a sua disponibilidade para o diálogo com todas as forças políticas por forma a conseguirem um entendimento alargado que corresponda às aspirações da população e, informou, que a elaboração das Opções do Plano e Orçamento para 2022 será feita de imediato, convidando todos a apresentarem propostas fundamentadas para a elaboração destes documentos estratégicos. Destacou ainda algumas das prioridades para o novo mandato, nomeadamente no que respeita à criação de habitação e preparação de novos investimentos. [gallery link=\"file\" columns=\"5\" size=\"full\" ids=\"27908,27909,27910,27911,27912,27913,27914,27915,27916,27917,27918,27919,27920,27921,27922,27923,27924,27925,27926,27927,27928,27929,27930,27931,27932,27933,27934,27935,27936,27937,27938,27939,27940,27941,27942,27943,27944,27945,27946,27947,27948,27949,27950,27951,27952,27953,27954,27955,27956,27957,27958,27959,27960\"]
18 of October
(Português) Projeto É COMO É foi apresentado na Ludoteca de Évora

(Português) Projeto É COMO É foi apresentado na Ludoteca de Évora

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.O Projeto É COMO É, que visa capacitar os mais novos para as diferenças através das artes, foi apresentado às escolas participantes no dia 11 de outubro de 2021, na Ludoteca de Évora, pelas promotoras Sofia Duarte e Rita Guerreiro (Academia dos Produtores Culturais) e pela representante do projeto em Évora – Inês Alves (Associação Nacional de Displasias Ósseas). Este projeto tem a duração de 20 meses e será desenvolvido de abril de 2021 a novembro de 2022 com um grupo-alvo de crianças entre os 7 e 8 anos. Tratam-se de alunos do 2º ano do 1º ciclo de escolaridade que frequentam escolas públicas ou privadas nos concelhos de Évora, de Funchal e de Câmara de Lobos (16 escolas no total: 8 escolas em Évora, 4 no Funchal e 4 em Câmara de Lobos). As escolas de Évora participantes no projeto É COMO É são: Escola Básica da Vista Alegre, Escola Básica do Bairro da Câmara, Escola Básica do Chafariz d’EL Rei, Escola Básica Heróis do Ultramar, Escola Básica Horta das Figueiras, Escola Básica de São Mamede, Escola Básica Galopim de Carvalho e Colégio Salesianos. A candidatura do referido projeto, apresentada ao Programa Cidadãos Ativos, gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Bissaya Barreto, foi uma das vencedoras no eixo dedicado a apoiar e defender os direitos humanos. Este é promovido pela Academia de Produtores Culturais em parceria com a ANDO Portugal - Associação Nacional de Displasias Ósseas (doenças ósseas raras), com sede em Évora e da ACSS Raquel Lombardi - Organização para a Inclusão e Igualdade, com sede no Funchal, Madeira. Poderá também consultar o site do projeto É COMO É em  www.e-como-e.pt Para além da colaboração da Câmara Municipal de Évora, também a Universidade de Évora irá colaborar para avaliação externa de todo o projeto e, ainda, o Centro Frambu que é uma instituição norueguesa de referência na área das doenças raras e pouco prevalentes, sendo especialistas no trabalho para a sensibilização à diferença física. [gallery link=\"file\" columns=\"5\" size=\"full\" ids=\"27805,27806,27807,27808,27809,27810,27811,27812,27813\"]  
15 of October
(Português) Seniores eborenses foram ao teatro no âmbito do Mês Maior

(Português) Seniores eborenses foram ao teatro no âmbito do Mês Maior

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.Seniores eborenses foram ao teatro no âmbito do Mês Maior Uma ida ao Teatro Garcia do Resende ver a peça \"Embarcação do Inferno\", de Gil Vicente, pelas companhias “A Escola da Noite” e “Cendrev”, seguida de visita aos bastidores foi a mais recente atividade dinamizada no âmbito da programação do Mês Maior. Teve lugar no dia 13 de outubro e gerou um encontro há muito ansiado entre centenas de seniores, após o prolongado recolhimento fruto da pandemia. Recorde-se que durante o mês de outubro, Évora assinala o Mês Maior com atividades de lazer e formação, inseridas no Programa Municipal de Envelhecimento Positivo e dirigidas aos seniores do Concelho e cujo objetivo principal é promover a sua autonomia e contribuir para o envelhecimento positivo, através de projetos de apoio social e atividades de animação e cultura. As iniciativas do Mês Maior foram programadas e articuladas com a rede de entidades de apoio social ao idoso do Concelho de Évora e incluem, além desta ida ao teatro, jogos tradicionais sobre a temática \"Igualdade e não discriminação\"; sessões de sensibilização sobre os cuidados e comportamentos a ter aquando da ocorrência de sismos, dinamizado pelo Serviço Municipal de Proteção Civil e ainda um espectáculo de música ligeira. O Centro de Convívio da Câmara Municipal de Évora, em parceria com a Creche e Jardim de Infância “Coopberço”, assinalaram também no dia 1 de Outubro, no Jardim da Rua de Avis, o Dia Mundial do Idoso. Esta iniciativa, igualmente integrada na programação do “Mês Maior”, proporcionou o convívio entre as crianças e os idosos. [gallery link=\"file\" size=\"full\" ids=\"27800,27801,27802\"]      
15 of October
Documents
Experience
Quick Accesses
Central Alentejo

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt
Name
Email