Nova Identidade Visual do Município
 Covid-19 - Informação Municipal
1º Encontro Évora, Cidade Educadora
Acompanhe, informe-se, participe
App do Município
Serviço Online - ÁGUAS
 Guia da Semana
CME_FEV_Estacionamento3-12
(Português) Câmara isenta pagamento do estacionamento tarifado no centro histórico no âmbito das medidas de combate à pandemia
(Português) Câmara isenta pagamento do estacionamento tarifado no centro histórico no âmbito das medidas de combate à pandemia
SEE +

Attendance

Diary

News

(Português) Novo Parque de Estacionamento do Teatro Garcia de Resende abre ao público a 17 de abril

(Português) Novo Parque de Estacionamento do Teatro Garcia de Resende abre ao público a 17 de abril

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.As obras de construção do novo Parque de Estacionamento do Teatro Garcia de Resende estão perto da sua conclusão, numa fase em que já estão reunidas as condições suficientes para o seu pleno funcionamento. Assim, de modo a não privar por mais tempo os utentes do usufruto deste importante equipamento, a Câmara Municipal de Évora decidiu agendar a abertura ao público a partir do próximo sábado, 17 de abril. Projetado e construído com caraterísticas que lhe permitem uma integração adequada a um espaço urbano situado numa das zonas mais nobres do Centro Histórico, este parque tem capacidade para 78 lugares para veículos automóveis, 34 dos quais reservados a residentes e 3 destinados a utentes com mobilidade condicionada. Os restantes 41 são abertos ao público em regime de estacionamento tarifado, com preços e horários idênticos aos restantes situados no Centro Histórico. O parque está também preparado para receber equipamento para carga de veículos elétricos. A remodelação do parque de estacionamento está integrada no projeto de reabilitação física e funcional do Teatro Garcia de Resende, cuja obra está também em fase de conclusão. Este projeto resultou da candidatura apresentada pelo Município de Évora a financiamento pelo Programa Operacional Alentejo 2020, no âmbito do PEDU - Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano, e insere-se na estratégia municipal de regeneração urbana e revitalização do Centro Histórico de Évora.
16 of April
(Português) Novo Parque Canino de Évora vai abrir ao público

(Português) Novo Parque Canino de Évora vai abrir ao público

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.Está praticamente concluído e irá brevemente abrir ao público o novo Parque Canino de Évora, situado junto ao Bairro António Sérgio, num espaço adjacente à Quinta da Malagueira. A cidade irá assim dispor de um espaço concebido para atividades de lazer destinado a canídeos acompanhados dos respetivos donos, onde os animais se poderão exercitar e socializar, promovendo a detenção responsável e o bem-estar animal. Composto por um espaço de receção e por um espaço de lazer, numa área total de 2600 m2, o novo Parque Canino de Évora será integralmente vedado com rede e postes de madeira tratada. A área de receção será composta por uma pérgola, mesa de piquenique, bebedouro e placa informativa. O espaço de lazer irá dispor de diversos equipamentos de recreio, incluindo passadiço, túnel e outros obstáculos adequados a canídeos. Toda a área foi concebida com as condições de segurança ideais para ser usufruída em corridas e brincadeiras, numa plena interação e saudável convivência entre animais e detentores. O espaço foi concebido e construído com preocupações ecológicas: serão instalados candeeiros alimentados a energia solar e a rega das zonas verdes será efetuada através de sistema gota a gota. De maneira a dotar o espaço de um ambiente fresco e agradável, foram já plantados dezenas de árvores e arbustos, tanto no interior do recinto como na zona envolvente. A escolha recaiu sobre espécies autóctones que apresentam caraterísticas bem adaptadas à região. [gallery link=\"file\" size=\"full\" ids=\"22219,22218,22217,22215,22216\"]
13 of April
(Português) Em reunião pública de 7 de Abril de 2021, Câmara de Évora aprovou a não realização da Feira de S. João 2021, devido à pandemia

(Português) Em reunião pública de 7 de Abril de 2021, Câmara de Évora aprovou a não realização da Feira de S. João 2021, devido à pandemia

Sorry, this entry is only available in European Portuguese.A proposta de não realização da Feira de S. João 2021, devido à situação de pandemia foi aprovada por maioria com a abstenção do Vereador José Policarpo, do PSD. A Câmara Municipal deixou em aberto a possibilidade de poder ser assinalada a data com um programa compatível com os níveis de segurança e saúde pública exigidos. A decisão teve em conta as informações disponíveis da Organização Mundial de Saúde, da Direcção Geral de Saúde e das autoridades regionais e locais de saúde, bem como o andamento e atrasos verificados na vacinação (prevendo-se que a imunidade de grupo seja atingida apenas no final ou após o Verão). A Vereadora Sara Dimas Fernandes informou que foi dado início à requalificação do último dos três moinhos por recuperar no Alto de S. Bento, visando a moagem de cereais, integrado num projecto educativo e ambiental mais vasto. Há também uma intervenção em curso nos outros moinhos para observação de aves. Este projecto conta com um Conselho Consultivo que inclui diversos técnicos, a União de Freguesias da Malagueira e Horta das Figueiras e o Professor Galopim de Carvalho, tendo ocorrido recentemente uma reunião de trabalho. O Presidente Carlos Pinto de Sá fez o habitual ponto de situação sobre a pandemia sublinhando que a situação está a evoluir de forma favorável, existindo à data apenas um caso activo no Concelho. Mantém-se o estado de alerta com a possibilidade de reactivar equipamentos de retaguarda, caso se justifique. Previa-se o início, no próximo fim-de-semana da vacinação dos professores e outros agentes da área educativa. No distrito e no Alentejo a situação também é bastante animadora. Foi aprovada por unanimidade a deliberação de adjudicação da empreitada referente ao \"Concurso Público para Construção do Centro de Convívio da Horta das Figueiras\" à empresa “A Encosta - Construções S.A.” pelo valor global de 179.635,75 (acrescido de IVA). O projecto de ampliação do Cemitério da Boa Fé mereceu também aprovação unânime. A obra será executada em duas fases. Estima-se que o valor da obra desta primeira fase seja de 52.659,10 euros mais IVA. O Presidente da Câmara informou ainda que já se procedeu à aquisição de todos os terrenos relativos a ampliações dos cemitérios prioritários no Concelho. Nesta reunião foram igualmente aprovados por unanimidade dois votos de pesar. O primeiro, proposto pelo Presidente da Câmara, pelo falecimento do Presidente da Câmara Municipal de Viseu, António Almeida Henriques, e o segundo, proposto pelo Vereador José Policarpo, pelo falecimento de Joaquim Azeda, antigo cabo do Grupo de Forcados Amadores de S. Manços.
9 of April

Documents

Experience

Quick Accesses

Central Alentejo

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt

Name

Email